CONFUSÃO

[Vídeo] Briga entre vizinhos no Recife termina com mulher internada na UTI

A confusão foi registrada na polícia, que abriu um inquérito para investigar o caso

[Vídeo] Briga entre vizinhos no Recife termina com mulher internada na UTI

Câmeras de segurança registraram toda a confusão entre vizinhos no Recife - Foto: Cortesia

Com informações de Michael Carvalho

Uma briga entre vizinhos acabou com uma senhora hospitalizada, tendo que ir para a UTI do hospital. A confusão aconteceu no bairro de Tejipió, na  Zona Oeste do Recife, e foi filmada por câmeras de seguranças. Uma barra de ferro chegou a ser usada durante a confusão. De acordo com a apuração da produção da TV Jornal, a briga teria ocorrido por conta de um cavalete colocado na frente de uma casa. O caso foi exibido, nesta quinta-feira (10), no programa O Povo na TV.

Confusão

Nas imagens, mãe e filho aparecem discutindo com uma mulher que está na calçada da casa ao lado. Em seguida, um rapaz de bermuda verde e um parente da mulher pegam barras de ferro e efetuaram diversos golpes um contra o outro.

As agressões entre os dois continuam até a chegada de outros vizinhos. A senhora de roupa preta, que tenta defender o filho, é atingida na cabeça e desmaia. Ela tem 53 anos e, após ficar internada em um hospital particular no Recife, recebeu alta da UTI.

Boletim de ocorrência

O filho da mulher agredida registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Jardim São Paulo. ele preferiu não se identificar mas contou as discussões com os vizinhos sempre foram constantes e alega que também foi agredido verbalmente com palavras preconceituosas por conta da sua religião e orientação sexual. 

Nossa produção entrou em contato com o outro homem envolvido na briga, mas, até o fechamento desta reportagem, ele preferiu não falar sobre o assunto.

Inquérito e investigação

De acordo com a polícia, a situação é investigada até o momento como lesão corporal. O delegado que está a frente do caso afirma que durante o registro da ocorrência não havia elementos conclusivos para autuação em flagrante de algum dos envolvidos.

Ainda de acordo com o delegado, todos devem prestar depoimentos na próxima semana, e a intenção dos dois homens que pegaram barras de ferro para agredir um ao outro ainda está sendo apurada e investigação deve durar 30 dias.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.