ELEIçõES

Eleições 2020: conheça todos os candidatos a prefeito do Recife

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), os partidos precisam registrar as candidaturas até 26 de setembro

Eleições 2020: conheça todos os candidatos a prefeito do Recife

São 10 candidatos ao posto de prefeito do Recife nas eleições de 2020 - Foto: Leo Motta/JC Imagem

A disputa pelo posto de prefeito da capital pernambucana já se iniciou. Nesta quarta-feira (16), foram definidos os nomes dos candidatos e candidatas à Prefeitura do Recife. Ao todo, são dez chapas disputando a cadeira do executivo municipal nas eleições de 2020. Os partidos políticos precisam registrar as candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) até o dia 26 de setembro. 

O primeiro turno das eleições municipais foi adiado de 4 de outubro para o dia 15 de novembro. Caso seja necessário, o segundo turno acontece em 29 de novembro. Confira abaixo os nomes dos candidatos ou candidatas.

  • Coronel Alberto Feitosa (PSC) candidato a prefeito e pastor Wellington Carneiro (Patriota) para vice-prefeito.
  • Carlos Andrade Lima (PSL) e Rosaly Almeida (PSL) para vice-prefeita.
  • Charbel Maroun (Partido Novo) candidato a prefeito e André Teixeira para vice-prefeito.
  • Cláudia Ribeiro (PSTU) candidato a prefeito e Kátia Telles (PSTU) para vice-prefeita.
  • João Campos (PSB) candidato a prefeito e Isabella de Roldão (PDT) para vice-prefeita.
  • Marco Aurélio (PRTB) candidato a prefeito e coronel José Alves (PRTB) para vice-prefeito.
  • Marília Arraes (PT) candidata à prefeita e João Arnaldo (PSOL) para vice-prefeito.
  • Mendonça Filho (Dem) candidato a prefeito com Priscila Krause (DEM) para vice-prefeita.
  • Patrícia Domingos (Podemos) candidata à prefeita e Léo Salazar (Cidadania) para vice-prefeito.
  • Thiago Santos (UP) candidato a prefeito e Aníbal Valença (PCB) para vice-prefeito.
  • Victor Assis (PCO) candidato a prefeito e Roberta Rita (PCO) para vice-prefeito.

Mudanças

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já anunciou a suspensão da identificação por biometria para reduzir a possibilidade de contágio e evitar as filas que pode gerar aglomerações e a maior propagação do novo coronavírus. Além disso, os partidos têm autorização para, por meio virtual, realizar convenções ou reuniões para a escolha de candidatos e formalização de coligações.

Propaganda eleitoral

Ainda de acordo com o TSE, a propaganda eleitoral na internet começa no dia 27 de setembro. Já o horário eleitoral gratuito nas emissoras de rádio e TV de todo o Brasil inicia em 9 de outubro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.