TRAGÉDIA

Homem mata ex-mulher, filha de 7 anos e outras 3 pessoas da família por não aceitar fim do relacionamento


O crime aconteceu no Rio Grande do Norte. O suspeito usou uma foice e uma arma de fogo para cometer o crime

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 27/09/2021 às 17:45
Segundo a Polícia Militar, o homem chegou na casa onde estavam as quatro primeiras vítimas, armado com uma arma de fogo e uma foice - Divulgação
FOTO: Segundo a Polícia Militar, o homem chegou na casa onde estavam as quatro primeiras vítimas, armado com uma arma de fogo e uma foice - Divulgação
Leitura:

Um homem assassinou a ex-companheira, a própria filha do casal, de 7 anos e os ex-sogros e uma tia dele, na madrugada do último sábado (25), em Passa e Fica, no Agreste Potiguar, Rio Grande do Norte.

O crime aconteceu por volta das 4h na localidade conhecida como Lagoa do Venâncio, no Sítio Fernando da Pista, de acordo com a polícia. A reportagem foi exibida nesta segunda-feira (27) no programa Por Aqui.

Arma de fogo e foice

Segundo a Polícia Militar, o homem chegou a uma casa onde estavam as quatro primeiras vítimas, armado com uma arma de fogo e uma foice. Após matar todos no local, inclusive a filha de 7 anos, ele deixou a casa e foi a outro imóvel, onde assassinou a tia dele e baleou um sobrinho da ex-companheira.

>>Homem com vírus HIV é preso após estuprar as duas ex-enteadas de 7 e 12 anos

A polícia foi acionada e começou uma busca pelo suspeito em uma área de mata, mas ele já foi encontrado sem vida, perto da casa da tia.

Caderno com mensagens

Ainda de acordo com a PM, o homem deixou um caderno com mensagens escritas, em que tenta justificar a tragédia. A motivação do crime teria sido o fato do homem não aceitar o fim do relacionamento, de acordo com a PM. Os corpos do autor do crime e das vítimas foram recolhidos para o Itep em Natal. Foram necessários dois veículos de transporte de corpos para a operação.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal no Facebook.