INVESTIGAçãO

Gestora do Instituto de Criminalística dá detalhes do 'Caso Denirson'

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

A gestora do Instituto de Criminalística de Pernambuco, Sandra Santos, explicou detalhes do trabalho realizado para identificação do médico Denirson Paes da Silva, encontrado morto no início do mês de julho. “Os restos mortais são encaminhados para o Instituto de Medicina Legal e lá nossos médicos legistas fazem diversos tipos de perícia”, comentou Sandra.

De acordo com a gestora, no caso do médico, as perícias mais significativas são as antropológicas e a genética forense. A primeira tem como objetivo identificar sexo, idade e se os restos mortais são humanos. E o segundo confirma a identificação da vítima através do DNA.

Causa da morte

Ainda sobre a morte do médico Denirson Paes, a gestora do IC falou sobre o trabalho para tentar identificar a causa da morte. “Uma outra área da medicina legal que eles usam é a histopatologia, que eles coletam amostras dos tecidos dos restos mortais e analisam o padrão desses tecidos. E por último, a tanatologia, que é a parte da medicina legal que busca exatamente esclarecer a causa da morte”, finalizou.

Relembre o caso

O corpo de Denirson Paes da Silva foi encontrado no fundo de um poço que pertence à casa onde morava com a família no dia 4 de julho. Os investigadores chegaram à residência do médico depois que a própria esposa prestou queixa, no dia 20 de junho, do desaparecimento do marido.

No boletim de ocorrência a mulher alegava que a última informação sobre o paradeiro do marido era de que ele havia embarcado numa viagem internacional no começo do mês e desde então não havia entrado em contato com a família. Entretanto, durante as investigações, a Polícia Civil identificou que o cardiologista estava desaparecido desde o dia 31 de maio e que a viagem citada havia sido desmarcada pela própria vítima. O enterro dos restos mortais do médico ainda está sem data marcada por causa da necessidade de haver mais detalhes da ocorrência.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.