DENúNCIA

Pacientes do Hospital Getúlio Vargas sofrem com descaso

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

Mais uma vez, pacientes do Hospital Getúlio Vargas denunciam descuido com a estrutura da instituição. A unidade de saúde que fica localizada no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, sofre há meses com a ausência de atendimento médico e de vagas para pacientes que vêm do interior.

Imagens feitas com celular comprovam que, mesmo quando enfermas, as pessoas precisam se amontoar nas poucas macas e cadeiras para aguardar atendimento nos corredores. Além disso, pacientes que se recuperam de cirurgias ou esperam por exames, não têm assistência médica. Também existem relatos de pacientes que estão com cirurgias abertas e correm risco de infecções.

Acompanhando uma paciente, Michele de Afogados acusa o hospital de negligência por conta da demora do atendimento a uma amiga, que aguarda deitada em uma cadeira para fazer uma ultrassonografia na perna. “Eles entopem os pacientes no corredor e abandonam, ninguém resolve nada aqui”, lamentou. Ainda segundo Michele, sua amiga segue sem prazo para a realização do exame. "Fica assim mesmo, eles só estão dando prioridade para aquelas pessoas que já estão já em coma”, disse.

Outros casos

O centro médico se repete ao apresentar episódios de descaso. Em julho deste ano, um escorpião foi achado em uma ala para pacientes graves. Mantido pela Secretaria Estadual de Saúde, o hospital recentemente anunciou uma reforma de 16 milhões de reais.

Resposta

Por nota, a direção do Hospital Getúlio Vargas disse que está acompanhando os casos dos pacientes Caio e Ginivaldo, citados na matéria. Além disso, afirmou que os demais estão recebendo a assistência necessária. Em relação aos pacientes no corredor, o hospital diz que o setor foi ampliado e hoje tem 72 leitos e que o espaço onde abrigava a emergência passa por reformas.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.