LIXÃO DE ÁGUAZINHA

Catadores de recicláveis encontram feto no lixão de Olinda

TV Jornal / JC Online

-Reprodução/TV Jornal

Catadores de materiais recicláveis encontraram, na manhã desta segunda-feira (14), um feto, no lixão do bairro de Águazinha, em Olinda, no Grande Recife. Segundo primeira perícia realizada pelo Instituto de Medicina Legal (IML), a gestação interrompida tinha de três a quatro meses, e o bebê seria um menino.

O perito Fernando Benevides, do IML, responsável pelo recolhimento do feto, relatou, em entrevista à TV Jornal, que outras análises serão feitas.

Enrolado em lençóis 

Testemunhas que encontraram o feto, contaram que ele estava coberto por lençóis no meio de uma montanha de lixo. Ao perceber do que se tratava, o grupo acionou a polícia, que investiga o caso na tentativa de identificar a pessoa que abandonou o feto.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.