PRISãO

Porto de Galinhas: PMs são suspeitos de montar falsa Operação Lei Seca

TV Jornal | Com informações da Rádio Jornal

-Reprodução/TV Jornal

Sete policiais militares do 18º Batalhão da Polícia Militar serão submetidos à audiência de custódia nesta segunda-feira (21), suspeitos de montar um bloqueio falso da Operação Lei Seca. A ação acontecia nas imediações da Praça do Relógio, em Porto de Galinhas, Ipojuca, no litoral sul pernambucano.

Na abordagem, inclusive com uso de bafômetro, eles cobravam entre R$ 1.000 e R$ 1.500 reais dos motoristas.

Confira na matéria exibida pelo Por Dentro com Cardinot desta segunda-feira (21):

Policiais suspeitos

O grupo é formado pelos sargentos Lázaro Barbosa de Lima e Rogério Dias do Nascimento, Maurilio Sebastião Toledo da Silva Filho, e os soldados Claudio Rodrigues da Silva, Edson Alves de Souza; Marcos Antônio de Oliveira Junior e Denis de Andrade Moura Júnior.

Eles vão responder pelo crime de concussão - extorsão praticada por servidores públicos no desempenho das funções.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.