INVESTIGAçãO

Polícia divulgado retrato falado de suspeito de matar radialista

TV Jornal | NE10 Interior

-Foto: divulgação/Polícia Civil

O delegado titular da Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, Bruno Machado, apresentou na manhã desta quarta-feira (27) o retrato falado do suspeito de matar o radialista Claudemir Nunes na quinta-feira da semana passada, 21 de março.

O radialista foi assassinado por trás de uma igreja do município, após sair de uma das rádios que trabalhava no bairro São Cristóvão. Ele foi atingido por seis disparos. Ainda não há informações sobre o que motivou o crime.

Perícia iconográfica

A perícia iconográfica (retrato falado) foi confeccionada pelo Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB). Segundo a polícia, o suspeito é magro, tem a pele parda escura, o nariz afilado, a boca pequena e o formato do rosto é triangular. A idade é entre 30 e 35 anos e a altura, entre 1,67 e 1,72 m.

No momento do crime, ele usava um boné de cor cinza e uma camisa de mangas compridas tipo UV na cor vermelha, trajava calça jeans azul de cor desbotada e tênis acinzentado. A partir da divulgação, a polícia conta com o apoio da população para conseguir identificá-lo. As denúncias podem ser feitas por meio do número da delegacia (81) 9.9488.7041 ou pelo Disque Denúncia: (81) 3719.4545. O anonimato é garantido.

Em um vídeo também divulgado pela polícia, é possível ver que o assassino pede para o radialista retirar o capacete. A vítima tira e entrega para o executor, que deixa o capacete no chão antes de atirar contra a vítima e fugir. O capacete, que poderia ser utilizado para ajudar nas investigações, não foi encontrado no local. O delegado ressaltou na coletiva que não iria mais tolerar a violação do local de crime, pois isto acarreta na destruição de provas importantes.

Vídeo mostra momento em que radialista é morto em Santa Cruz 

-Reprodução/TV Jornal

A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (27) as imagens do momento em que o radialista Claudemir Nunes é assassinado, na quinta-feira da semana passada, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco.

O radialista foi assassinado por trás de uma igreja do município, após sair de uma das rádios que trabalhava no bairro São Cristóvão. Ele foi atingido por seis disparos. Ainda não há informações sobre o que motivou o crime. O retrato falado do suspeito também foi divulgado. Quem tiver qualquer informação sobre ele pode denunciar através do número da delegacia (81) 9.9488.7041 ou pelo Disque Denúncia: (81) 3719.4545. O anonimato é garantido.

No vídeo, é possível ver que o assassino pede para o radialista retirar o capacete. A vítima tira e entrega para o executor, que deixa o capacete no chão antes de atirar contra a vítima e fugir. O capacete, que poderia ser utilizado para ajudar nas investigações, não foi encontrado no local. O delegado ressaltou na coletiva que não iria mais tolerar a violação do local de crime, pois isto acarreta na destruição de provas importantes.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.