NOVIDADE

Pesquisadores desenvolvem novo teste para identificar vírus da Zika

Presença do vírus é detectada apenas com uma gota de urina. No novo teste, o resultado sai em apenas 15 minutos

Pesquisadores desenvolvem novo teste para identificar vírus da Zika

Uma forma mais prática e rápida de identificar a presença do vírus da Zika foi desenvolvida por pesquisadores do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer, localizado em Campinas, cidade do interior de São Paulo. No novo teste, que utiliza apenas uma gota de urina e uma placa eletrônica, é possível ter o resultado positivo ou negativo da doença em apenas 15 minutos. 

Um levantamento feito pelo Ministério da Saúde em maio deste ano revelou que, no Brasil, quase mil cidades podem ter surto de arboviroses como dengue, zika e chikungunya. 

Veja 

Outras doenças

Segundo a pesquisadora Talita Mazon, a mesma placa eletrônica usada no novo teste de Zika pode ser usada para detectar vírus de outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti "Pode ser usado não só para detectar a Zika, como também a dengue e a febre amarela", disse. 

Serviço para a população 

A intenção dos pesquisadores é que a novidade possa ajudar, principalmente, a população que depende da Rede Pública de Saúde. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.