INVESTIGAçãO

Pastor assassinado: Arma é encontrada no quarto do filho de Flordelis

De acordo com a polícia, a arma pode ter sido a usada para matar o pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis. Dois filhos do casal são suspeitos do crime


Pastor assassinado: Arma é encontrada no quarto do filho de Flordelis

Pastor foi morto a tiros - Foto: Reprodução/TV Jornal

Uma arma, que pode ter sido usada assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis, foi encontrada enquanto a Polícia Civil cumpria um mandado de busca e apreensão na casa da política, em Niterói, no Rio de Janeiro, nessa terça-feira (18). A pistola estava no quarto de um dos dois filhos do casal suspeitos de participar do assassinato do pai adotivo, executado com 30 tiros no último domingo (16).  A polícia buscava de celulares e outros aparelhos eletrônicos que pudessem ajudar nas investigações.

Os filhos suspeitos do assassinato estão presos por passagens anteriores na polícia. Lucas dos Santos, de 18 anos, está detido por suspeita de tráfico de drogas e Flavio de Souza, de 38 anos, é suspeito de ter agredido a ex-mulher.  Ambos foram presos na segunda-feira (19). Flávio estava no enterro do padrasto quando foi detido pelos agentes. A polícia pediu a quebra do sigilo telefônico dos dois filhos do casal, que têm 51 filhos adotivos.

Segundo a polícia, Lucas confessou ter matado o pai adotivo a mando do irmão Flavio, filho biológico da deputada depois que ele descobriu que o pastor mantinha um caso extraconjugal. Um terceiro filho também estaria sendo investigado. 

Deputada não acredita na participação dos filhos

Flordelis questionou, em entrevista para um site religioso, o número de tiros citada no laudo do Instituto Médico Legal (IML) e disse não acreditar na participação dos filhos. Para ela, conforme dito na entrevista, o marido teria sido vítima de sequestro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.