POLíCIA

Oito pessoas morrem em ação na Paraíba por causa de assassinato de PM

Segundo a polícia, seis homens e duas mulheres foram mortos na operação, entre eles um vereador

Oito pessoas morrem em ação na Paraíba por causa de assassinato de PM

Operação foi realizada por policiais militares de Pernambuco e da Paraíba - Foto: Nayara Vila Vila/TV Jornal Interior

JC Online/ NE10 Interior

Oito pessoas foram mortas durante confronto com a Polícia Militar (PM), entre Barra de São Miguel e Riacho da Conceição, ambas cidades da Paraíba, na manhã desta terça-feira (2). Elas eram suspeitas de envolvimento em uma ação criminosa que terminou com um policial morto e um ferido, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. 

De acordo com a Polícia Militar, seis homens e duas mulheres morreram na operação. Entre os homens está um vereador de Betânia, município no Sertão do Estado. Os corpos foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Capibaribe.

A operação integrada teve participação das PMs de Pernambuco e da Paraíba. Dois helicópteros do Grupo Tático Aéreo (GTA) deram apoio à ação.

>> Vídeos mostram ação que terminou com policial morto e outro ferido

>> PM morre e outro fica ferido em tentativa de assalto no Agreste

Vídeos

Câmeras de segurança flagraram a ação dos criminosos e a perseguição, mostrando o momento em que os assaltantes atiram contra os policiais.

Relembre o caso

Um policial morreu e outro ficou ferido após uma troca de tiros, na manhã dessa segunda-feira (1º), em Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos estava em um carro e tentaram assaltar um supermercado e uma casa lotérica, quando começaram a ser perseguidos por policiais. Durante a troca de tiros, o soldado André Silva morreu e o sargento Moacir ficou ferido. 

Facebook

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.