IGREJA CATÓLICA

Após renúncia de dom Dino, Papa nomeia novo bispo de Caruaru

A mudança, que ocorre em setembro, é motivada pela idade de dom Dino. A posse de dom José Ruy está marcada para o dia 21 de setembro

Após renúncia de dom Dino, Papa nomeia novo bispo de Caruaru

A posse de dom José Ruy está marcada para 21 de setembro - Foto: Mitra Diocesana de Jequié

Com informações do NE10 Interior

A diocese de Caruaru, que abrange 19 cidades do Agreste de Pernambuco, vai ganhar um novo bispo. O papa Francisco acolheu, nessa quarta-feira (10), o pedido de renúncia apresentado por dom Bernardino Marchió ao governo pastoral da diocese de Caruaru e nomeou como novo bispo da localidade dom José Ruy Gonçalves Lopes, baiano de Feira de Santana. A posse de dom José Ruy está marcada para o dia 21 de setembro.

A mudança é motivada pela idade de dom Dino, como é conhecido. O Código de Direito Canônico prevê que bispo diocesano que tiver 75 anos de idade completos deve apresentar renúncia do seu ofício ao Papa, que deverá avaliar as circunstâncias do processo para nomeação de um substituto.

Em coletiva de imprensa realizada na Cúria Diocesana de Caruaru, dom Bernardino, italiano naturalizado no Brasil com 28 anos de episcopado, expressou o amor que sente pela cidade que o acolheu em 2003. “Quando cheguei a Caruaru, me senti em casa, por isso não quero mais ir embora. Termina a missão, mas eu vou continuar a morar aqui e, na medida do possível, vou ajudar as comunidades no que for necessário, sempre em comunhão com o novo bispo. Caruaru me cativou, não posso abandonar essa terra”, afirmou o religioso, que fica no cargo até o dia 21 de setembro, data da posse do substituto.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiu uma mensagem de agradecimento a dom Dino e uma saudação a dom José Ruy, que atualmente é bispo de Jequié, na Bahia.

Leia abaixo:

Agradecimento da CNBB a Bernardino Marchió

Brasília (DF), 10 de julho de 2019

Estimado irmão, Dom Bernardino Marchió,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta gratidão a Deus pela sua vida missionária no Brasil e seu ministério episcopal, em particular pelos dezesseis anos à frente do governo pastoral da Diocese de Caruaru (PE).

Recordando seu lema episcopal, “Alegres na Esperança”, salientamos os 28 anos de ministério episcopal e de missão no Brasil e todo o empenho na causa da evangelização na região Nordeste.

Que Deus nos permita a aprender de seu exemplo, como nos motiva o Papa Francisco na mensagem para o Dia Mundial das Missões deste ano: “A Igreja está em missão no mundo: a fé em Jesus Cristo dá-nos a justa dimensão de todas as coisas, fazendo-nos ver o mundo com os olhos e o coração de Deus; a esperança abre-nos aos horizontes eternos da vida divina, de que verdadeiramente participamos; a caridade, que antegozamos nos sacramentos e no amor fraterno, impele-nos até aos confins da terra”.

Rogamos a Deus que o seu emeritato seja um tempo de paz e saúde.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Saudação da CNBB a dom José Ruy Gonçalves Lopes

Brasília (DF), 10 de julho de 2019

Estimado irmão, Dom José Ruy Gonçalves Lopes

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu com alegria a sua nomeação como novo bispo da Diocese de Caruaru (PE), nesta quarta-feira, dia 10 de julho. Ao mesmo tempo que agradecemos seu serviço e dedicação como pastor da diocese de Jequié (BA), desejamos que esta nova missão seja frutuosa junto ao clero, religiosos e o povo de Deus daquela Igreja Particular.

Que o exemplo de São Francisco de Assis, reiterado em gestos e palavras pelo papa Franscisco, o inspire sempre a ser um peregrino que tendo feito o encontro transformador com Jesus Cristo despoja-se para viver como verdadeiro filho do Pai que está nos céus. Que como ele, rico que era, aprendamos a nos tornar pobres para que sejamos ricos por meio da pobreza em meio aos pequeninos a quem Deus escolheu amar preferencialmente.

Que São Francisco te acompanhe e fortaleça nesta nova missão.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.