POLíCIA

Golpe: suposto membro do PCC aluga casa para o FIG e ameaça estudantes

Dona Maria, que seria a anunciante, se revelou Juara, após a negociação

Golpe: suposto membro do PCC aluga casa para o FIG e ameaça estudantes

Dias depois, o anunciante mandou uma mensagem revelando que tudo era um golpe - Foto: Reprodução/TV Jornal

A polícia investiga um golpe aplicado em estudantes que tentavam alugar casa para o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste de Pernambuco. O suspeito seria um suposto integrante da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

O anúncio do suposto imóvel estava em um site de compras e vendas da internet. Na publicação, a casa, localizada no centro de Garanhuns, estava disponível para aluguel durante o festival por R$ 1 mil. Um grupo de amigos se interessou e entrou em contato. Foi feito um contrato, com todos os dados da suposta anunciante, e o grupo depositou, inicialmente, R$ 500.

O golpe

Dias depois, o anunciante mandou uma mensagem revelando que tudo era um golpe. Na mensagem, o golpista diz que é integrante do PCC e faz ameaças caso seja denunciado à polícia. O dinheiro pago não foi recuperado. Uma queixa foi prestada na Delegacia de Boa Viagem e, de acordo com a polícia, outras pessoas podem ter sido vítimas do mesmo golpe.

Orientação

Em nota, a polícia orientou que, quem tiver sido vítima do golpe, deve registrar a queixa na delegacia mais próxima. Também por meio de nota, a Secretaria Municipal de Cultura, da Prefeitura de Garanhuns, informou que o cadastro de casas para alugar durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) é feito pessoalmente e o nome e endereço informados pelas vítimas do golpe não constam nas listas de casas disponíveis no portal da prefeitura.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.