PROTESTO NO RECIFE

Mães de crianças com microcefalia fazem protesto contra corte do BPC

O Benefício de Prestação Continuada teria sido suspenso desde maio para as crianças com microcefalia, sem nenhum tipo de irregularidade registrada ou comunicação às família

Mães de crianças com microcefalia fazem protesto contra corte do BPC

Mães fazem protesto contra corte do benefício - Foto: Reprodução/TV Jornal

Pernambuco tem a estimativa de 438 casos de microcefalia. Dentre eles, 22 crianças tiveram cortado o BPC, no valor de um salário mínimo. As mães se preocupam com a manutenção dos recursos de seus filhos, dentre eles: roupas, suplementos, transporte, alimentação e equipamentos médicos.

Durante o protesto, elas também alegam a falta de auxílio dos pais das crianças com microcefalia, que dificulta ainda mais a situação daqueles que tiveram o benefício cortado. Perda de peso e problemas de locomoção têm se tornado uma rotina.

Tratamento

O benefício também ajuda no tratamento das crianças com microcefalia e, se cortado, poderia interromper o de muitas. Preocupadas com os cortes, mães, algumas mesmo tendo recebido, viajaram horas de lugares no Sertão do Estado, como Serra Talhada e Ouricuri, para protestar contra os cortes do Benefício de Prestação Continuada.

Justificativa

Em nota, o Ministério da Cidadania disse que já está em contato com a União de Mães de Anjos e aguarda o envio dos dados das beneficiárias do BPC para verificação das situações cadastrais.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.