VIOLêNCIA

Morre outro PM envolvido em troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe

Sargento Moacir Moreira estava internado desde o dia 1º de julho

Morre outro PM envolvido em troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe

PM foi baleado durante ação. Outro policial foi morto - Foto: Reprodução/TV Jornal

Com informações do NE10 Interior

O sargento que foi baleado durante uma troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, morreu na manhã desta sexta-feira (1º). De acordo com uma nota divulgada pelo Hospital Regional do Agreste (HRA), o sargento Moacir Moreira passou 18 dias internado e faleceu às 10h30, em decorrência de insuficiência respiratória grave, evoluindo para uma parada cardiorrespiratória.

Um dia após ser internado, o PM apresentou fortes dores abdominais e, ao fazer tomografia, foi identificada a presença de ar na região. Ele foi direcionado ao bloco cirúrgico para fazer uma laparotomia exploratória, procedimento que abre o abdômen, e estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde então.

Os profissionais do hospital tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram. O sargento foi baleado no dia 1º de julho, durante perseguição e troca de tiros com bandidos. O colega de farda dele, o soldado André Silva, 32 anos, morreu no local.

>> Morre segundo policial envolvido em troca de tiros em Santa Cruz

>> Sob forte comoção, PM morto em Santa Cruz do Capibaribe é enterrado

 

Foragido

A polícia está buscando o homem que seria o nono integrante da quadrilha de roubo a bancos cujos membros tiveram envolvimento no crime. A Polícia Militar iniciou uma operação para procurá-lo após ter recebido informações de que ele foi visto na Paraíba. 

De acordo com a corporação, Wellington Kleber Lima, 22 anos, conhecido como "Cabeludo", é o suspeito de ter dado o tiro fatal no soldado André Silva, de 32 anos. Ele seria o único foragido da operação realizada pela PM, que resultou na morte de oito suspeitos de integrar a quadrilha.

>> Foragido: Polícia identifica nono integrante de quadrilha na Paraíba

>> Grupo morto na Paraíba teria envolvimento em outros crimes

 

Relembre o caso

Na manhã do dia 1º de julho, um PM morreu e outro ficou ferido após uma perseguição com troca de tiros em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações da Polícia Militar, os policiais do 24º Batalhão da PM faziam ronda de rotina no local, quando houve o assalto a uma casa lotérica. Os agentes entraram em combate com os assaltantes. Durante a troca de tiros, o soldado André Silva morreu. O sargento Moacir ficou ferido e morreu no Hospital Regional do Agreste.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.