ACIDENTE EM OLINDA

Em alagamento causado pelas chuvas, carro cai em buraco na PE-15

O motorista voltava de uma consulta médica com a esposa e a filha quando a correnteza arrastou o carro para dentro do buraco. Desempregado, o motorista afirma que não tem condições de pagar o seguro do carro

Em alagamento causado pelas chuvas, carro cai em buraco na PE-15

O acidente aconteceu por volta das 2h30 desta quarta-feira (24) próximo à Praça Ilumiara Zumbi - Foto: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem

com informações do JC Online

Um carro caiu em um buraco, na madrugada desta quarta-feira (24), na PE-15, no bairro de Tabajara, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife. O acidente aconteceu por volta das 2h30, próximo à Praça Ilumiara Zumbi. De acordo com o motorista, ele voltava de uma consulta médica com a esposa e filha, quando a correnteza, formada pelo acúmulo de água na pista, arrastou o veículo para dentro do buraco. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

"Infelizmente a quantidade de água era muito grande, não deu para ter noção. Aqui a iluminação é precária. A gente não estava vendo o meio-fio, nem nada e infelizmente a correnteza da água me jogou para esse buraco", conta o porteiro Paulo Roberto Souza, de 51 anos, dono do veículo que se envolveu no acidente. O homem ainda conta que estava retornando de uma consulta médica com a esposa, que havia feito uma cirurgia.

Sem seguro

 

"Ao cair, a água começou a entrar com correnteza muito forte. Eu dentro do carro sem poder sair. Eu desempregado há dois anos e seis meses. Estou aqui no sacrifício para pagar meu IPVA, para tirar meu ganha pão e acontece uma situação dessa. Não tenho seguro porque estou desempregado, não tenho condições de ter seguro", declara.

Chuvas no Grande Recife

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a chuva será mantida durante todo o dia em praticamente todo Pernambuco, com exceção apenas de Fernando de Noronha onde, apesar do tempo nublado, não deve chover. Na Região Metropolitana do Recife (RMR) e na Mata Norte e Sul, a tendência de precipitação é de moderada a forte durante toda a quarta-feira (24). Segundo a Defesa Civil do Recife, apenas na cidade, o acumulado de chuvas foi de mais de 241 mm nos últimos cinco dias, o que equivale a 20 dias da média histórica do período.

Entre as 19h da terça-feira (23) e às 7h desta quarta (24), choveu 245,4 mm em Olinda, de acordo com a Defesa Civil do município. Com isso, Olinda registrou o equivalente a 20 dias de chuva no período. 12 pessoas morreram entre a madrugada e manhã desta quarta após deslizamentos de barreira e queda de árvores. Segundo o Corpo de Bombeiros, as mortes ocorreram em Águas Compridas e na Estrada do Passarinho, em Olinda; na Rua Córrego do Curió, no bairro de Dois Unidos, no Recife e no Córrego da Areia, em Caetés, em Abreu e Lima. 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.