DESABAMENTO

Tragédia anunciada no bairro de Caetés

Após um dia da tragédia o local ainda está tomado pela lama

Tragédia anunciada no bairro de Caetés

bombeiros recolhendo corpo de Maria Eduarda grávida de 8 meses. - Foto: Tv jornal/ Reprodução Tv Jornal.

Nesta quinta-feira (25), as máquinas voltaram a trabalhar na Rua Córrego da Areia, no bairro de Caetés, em Abreu e Lima, no Grande Recife. A chuva cessou no local da tragédia, entretanto a quantidade de lama e entulhos ainda era grande. Na madrugada dessa quarta-feira (24), o último corpo desaparecido, da grávida Maria Eduarda, de 22 anos, foi encontrado entre os escombros.

Os pertences das vítimas ainda eram visíveis no meio da lama, o cachorro da família, Beethoven, que ajudou a encontrar o corpo da irmã mais nova de Maria Eduarda no dia anterior, não saia do local, e após longas horas de trabalho do Corpo de Bombeiros e da população local, o corpo da grávida foi encontrado.

“Estávamos vivendo um momento de felicidade com toda a família", lamenta primo de grávida morta em deslizamento

Maria Eduarda grávida de 8 meses segue desaparecida.
Maria Eduarda grávida de 8 meses segue desaparecida.
Reprodução/TV Jornal

De acordo com Jadson Pereira, primo da vítima, o casal havia ido passar o fim de semana com a família que aguardava ansiosa a chegada da criança. “Estávamos vivendo um momento de felicidade com toda a família, eles tiraram  o final de semana pra curtir como sempre faziam, iam embora na segunda, mas não foram", desabafa Jadson.

Casas Interditadas

Várias casas que ficam próximas a barreira ainda foram interditadas pela defesa civil. A população estava revoltada, segundo eles a tragédia já era anunciada e esperada a qualquer momento. Eles diziam que as mortes poderiam ter sido evitadas se a prefeitura tivesse concluído a obra do muro de arrimo construído em 2012 ,todavia não teria sido feito na parte da barreira que caiu.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.