AGRESSãO

Dentro de 3 dias, dois casos de violência brutal contra cachorros são registrados

A Polícia Civil identificou as pessoas responsáveis pelas agressões aos cachorros

Dentro de 3 dias, dois casos de violência brutal contra cachorros são registrados

Os dois animais teriam sofrido agressões sem que pudessem se defender - Foto: Reprodução/TV Jornal

Nos últimos dias, dois casos chocaram a população envolvendo agressão a dois cachorros. No município de Belo Jardim uma cadela foi agredida com soda cáustica, já no município em Vitória de Santo Antão os agressores deram pauladas no animal na beira da estrada.

 Relembre os casos

 Agreste: Belo Jardim

 Uma mulher é suspeita de jogar soda cáustica em uma cadela, no último domingo (28), no município de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi identificada e levada para a delegacia, onde prestou depoimento e onde serão tomadas as medidas cabíveis.

 Socorro

 Ainda segundo a polícia, a cadela foi resgatada por um grupo de moradores da região. O animal recebeu os primeiros socorros e está internada em uma clínica veterinária. 

 A Vereadora da cidade de Recife, Goretti Queiroz, ativista da causa animal, apresentou um projeto de lei que limita a venda de certos tipos de ácido para população justamente para evitar situações como esta.

 Vitória de Santo Antão

 Nesta quinta-feira (01),  um cena de crueldade foi registrada por uma câmera de segurança  na estrada de Vitória de Santo Antão, interior do Estado.

Dois homens em uma moto abandonam um cachorro, aparentemente o animal estava doente e debilitado e mal conseguia atravessar a pista de barro.

 A agressão

Alguns minutos depois eles voltam, um deles  portando um objeto, e executa vários golpes contra o animal ,que fica gravemente ferido.

De acordo com a organização não governamental (ONG), S.O.S amigo, o cachorro já havia sido envenenado uma vez. O animal, que é mestiço com a raça pitbull teve sequelas pelo corpo, mas conseguiu ser adotado. As imagens do vídeo já estão com a polícia. 

 Polícia Civil

 O delegado do caso informou que apenas um boletim de ocorrência foi registrado e que a lei é muito branda para casos como este. Os suspeitos já teriam sido identificados e serão chamados para depor.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.