OPERAçãO CARTA MARCADA

Polícia Civil desarticula esquema que gerava prejuízo aos cofres públicos

Segundo a delegada Isabela Veras, no município de Gameleira o prejuízo aos cofres públicos passa de 600 mil reais.

Polícia Civil desarticula esquema que gerava prejuízo aos cofres públicos

Operação da Polícia Civil desarticula esquema criminoso que gerou 600 mil reais de prejuízo - Foto: Reprodução/TV Jornal

Na manhã desta quinta-feira (08), a Polícia Civil de Pernambuco apresentou  em coletiva a imprensa, detalhes da operação Carta Marcada, a 66ª Operação de Repressão Qualificada do ano, que desarticulou um esquema criminoso em Gameleira, a coletiva aconteceu no auditório da Sede Operacional.  A delegada Isabela Veras, que presidiu as investigações, falou sobre a ação dos bandidos.

 Segundo ela as empresas eram escolhidas e contratadas para prestar serviços de assessoria jurídica, técnicas e assessoria contábil. Entretanto elas não possuíam nenhum contador em seu quadro funcional, nem técnico contábil. Em uma apuração mais minuciosa da polícia foi descoberto que na verdade elas eram empresas fantasmas.

>>>>Operação da Polícia Federal impede licitação criminosa do PCC<<<<

Envolvimento de autoridades

A ex-prefeita envolvida além de possuir conhecimento dessa situação ainda tinha vínculo com as empresas contratadas, violando o código de impessoalidade profissional do cargo. Ainda segundo ela o atual Prefeito e o presidente do câmara dos vereadores, Eduardo Gouveia também estariam envolvidos.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.