SAúDE

Número baixo de vacinados contra HPV preocupa, revela especialista

Segundo a coordenadora nacional do programa de imunizações, a vacina previne contra muitos tipos de câncer

Número baixo de vacinados contra HPV preocupa, revela especialista

Vacinação protege contra o vírus do HPV - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

O número de  busca pela prevenção contra o vírus HPV em 2019 entre homens está baixo, e a principal solução para combater a doença é a vacinação. De acordo com a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Elizabeth Azoubel, os cuidados precisam começar o quanto antes. 

Nos postos de saúde do Recife, o serviço é oferecido de graça para crianças e adolescentes. As meninas devem ser imunizadas entre os 9 e 14 anos de idade, enquanto os meninos precisam receber a vacina entre 11 e 14 anos. Já no caso dos adultos, a vacina só é disponível em clínicas particulares, com cada dose custando equivalente à R$480,00.

O vírus

De acordo com o site do Ministério da Saúde o HPV é um vírus que infecta a pele e as mucosas através do contato sexual, ele pode causar verrugas ou lesões percursoras de câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus. O nome HPV é uma sigla inglesa para "Papiloma vírus humano" e cada tipo de HPV pode causar lesões em diferentes partes do corpo.

O HPV é um vírus que infecta a pele e as mucosas através do contato sexual, ele pode causar verrugas ou lesões percursoras de câncer, como o câncer de colo de útero, garganta ou ânus. O nome HPV é uma sigla inglesa para "Papiloma vírus humano" e cada tipo de HPV pode causar lesões em diferentes partes do corpo.

Antigamente a vacina era voltada apenas para meninas pois o foco era a prevenção do câncer de colo de útero, tempos depois ela foi aberta para os meninos. A coordenadora ainda explica que para a prevenção ser eficaz, menores de 15 anos devem tomar duas doses, e acima de 15 anos, três doses. A pessoa só é considerada protegida depois de ter tomado todas as doses da vacina, fora isso ainda corre o risco de ser contagiado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.