DENúNCIA

Familiares de crianças e adolescentes denunciam falta de remédio para crescimento em farmácia do Governo

Pais e mães afirmam que o tratamento para um mês custa 11 mil reais

Familiares de crianças e adolescentes denunciam falta de remédio para crescimento em farmácia do Governo

Segundo eles, desde o mês de fevereiro estão sem remédios e nas farmácias o tratamento para um mês custa R$ 11 mil. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Com o devido cuidado na qualidade de vida e saúde dos próprios filhos, familiares de crianças e adolescentes denunciaram, nesta quinta-feira (19), a falta de medicamentos para hormônio de crescimento, fornecida pela farmácia especial do estado. Segundo eles, desde o mês de fevereiro estão sem remédios e nas farmácias o tratamento para um mês custa R$ 11 mil.

Um casal, que lutam desde o ano passado pela saúde do filho, de 12 anos, diagnosticado com baixa estatura ideopática (sem causa identificada) afirmam que o filho sofre por se sentir diferente dos meninos da mesma idade.

Outro casal de pais disseram que o filho chegou a iniciar o tratamento, mas está há sete meses sem tomar a medicação. "O que me fez ir em busca foi quando ele disse que queria ser Bombeiro. Ele poderia passar em qualquer concurso, mas a estatura dele não permitiria que ele realizasse esse sonho", contou a mãe.

Ainda de acordo com os pais, já procuraram nas farmácias comuns a substância injetável, chamada somatropina, e afirmam que conseguiram na Justiça uma decisão que obriga o Governo de Pernambucos oferecer o remédio e até agora nada foi feito.

Nota da Secretaria Estadual de Saúde

A Secretaria Estadual de Saúde esclareceu que está em processo de compra do medicamento para as famílias que tem determinação judicial. Pelo visto, a espera ainda vai demorar bastante, porque não há prazo para a situação ser regularizada.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.