ACIDENTE

Motociclista tem mão esquerda e artéria cortadas por linha com cerol

O homem estava dirigindo a moto quando teve a mão esquerda e a artéria cortadas pelo cerol

Motociclista tem mão esquerda e artéria cortadas por linha com cerol

Na próxima quinta-feira (03), a vítima será submetida a uma cirurgia para reconstituir o tendão e a artéria da mão esquerda. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Um motociclista de 52 anos quase morre após ser atingido por uma linha com cerol, na descida do viaduto no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O vídeo, que foi encaminhado pelo filho da vítima para a produção da TV Jornal, nesta terça-feira (1), mostra que a linha partiu e cortou a mão esquerda e uma artéria do rapaz.

Nas imagens, também é possível observar que o homem teria levantado a antena que corta a linha, mas por pouco o ferimento não chegou ao pescoço.

Estado de saúde

A vítima foi atendida em um hospital particular e já recebeu alta. Mas na próxima quinta-feira (03), irá retornar ao hospital onde será submetido a uma cirurgia para reconstituir o tendão e a artéria da mão esquerda.

Major da PM atingido

Um major da Polícia Militar (PM) ficou ferido após também ser atingido por uma linha com cerol. Ele passava pela Rua Manoel de Brito, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, e teve um corte profundo na testa.

 

Dicas para evitar acidentes com cerol

Empinar pipa é uma brincadeira perigosa, ainda mais se a linha estiver com cerol ou se for do tipo "chilena". Desde o ano de 2001 que o uso do cerol é proibido por lei no Estado de Pernambuco. Mesmo assim, o uso do cerol persiste entre crianças e até mesmo adultos, o que acaba colocando em risco principalmente motociclistas. Por isso, é bom estar atento a algumas dicas que podem salvar vidas em casos de acidentes envolvendo linhas com cerol.  

A principal aliada dos motociclistas na prevenção de acidentes envolvendo linhas com cerol é a antena "corta-pipa", que é instalada nas motos e evita que a linha enrosque no pescoço e na área da cabeça. O equipamento é obrigatório para motociclistas que usam a moto como ferramenta de trabalho, mas não é obrigatória para motos particulares.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.