DENúNCIA

Casal denuncia atendimento inadequado de hospital durante parto de filho

De acordo com o marido, a esposa não consegue andar sem muleta e o bebê foi parar na UTI

Casal denuncia atendimento inadequado de hospital durante parto de filho

O bebê continua internado na UTI e de acordo com a família o estado de saúde dele é estável. - Foto: Bruno Campos/TV Jornal

Uma atendente de telemarketing e o marido dela denunciam o Hospital Guararapes, no município de Jaboatão, por falta de atendimento adequado durante o parto do filho. De acordo com o esposo, a mulher teria dado entrada no hospital prestes a ter o bebê, mas a médica plantonista não deu assistência necessária à gestante e, como consequência, ambos (mãe e filho) tiveram problemas durante a cirurgia. A mãe não está conseguindo andar e o bebê foi parar na UTI, desde o dia 29 de setembro.

O marido ainda conta que em nenhum momento foi informado sobre o que se passava no parto e que o hospital até agora não prestou nenhum apoio a família. A mulher está abalada e dependente de uma muleta

Boletim de ocorrência

Após receber alta, na última quarta-feira (02), eles procuraram a polícia e registraram um Boletim de Ocorrência (B.O) na Delegacia de Prazeres. O hospital está sendo investigado por crime de Lesão Corporal. A mulher passou por exames de corpo de delito e aguarda o resultado da perícia.

Estado de Saúde

O bebê continua internado na UTI e de acordo com a família o estado de saúde dele é estável.

Resposta do Hospital Guararapes

Por meio de nota, o Hospital Guararapes negou que os médicos tenham sido negligentes e disse que tudo ocorreu dentro do que prevê os parâmetros obstétricos. Além disso, informou também que a alta foi dada porque o hospital não possui neurologistas e que por isso, a paciente foi transferida. segundo filho no último dia 29.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.