CRUELDADE

Ex-soldado do exército é preso ao tentar matar idosa, em Jaboatão

A vítima contou para a polícia que o suspeito tentou asfixiar ela e deu vários golpes com uma espécie de machadinha

Ex-soldado do exército é preso ao tentar matar idosa, em Jaboatão

Ainda de acordo com os policiais, a mulher não conseguiu pedir ajuda antes disso por conta dos ferimentos. - Foto: Foto: Pixabay

Um ex-soldado do exército foi preso, nesta segunda-feira (07), suspeito de agredir e tentar matar uma idosa, no bairro de Socorro, em Jaboatão dos Guararapes. Segundo a Polícia Civil, a vítima só foi socorrida três dias após as agressões, que aconteceram no último dia 10 de setembro, quando familiares estranharam o sumiço dela e procuraram saber o que havia acontecido. Ainda de acordo com os policiais, a mulher não conseguiu pedir ajuda antes disso por conta dos ferimentos.

Agressão

A aposentada foi atingida por vários golpes de uma espécie de machadinha. O primo e vizinho dela, responsável pelo crime, ainda tentou asfixiar a vítima e só deixou o imóvel pois acreditava que a mulher estava morta. Três dias depois a idosa foi encontrada machucada dentro da casa e socorrida pela vizinhança. Ao descobrir que a mulher estava viva, o suspeito fugiu da comunidade.

Foragido

Para tentar fugir da polícia, Jonas Araújo teria forjado seu sequestro, alegando que traficantes do bairro teriam capturado ele por conta da presença da polícia na região, o que teria enfraquecido o tráfico na área.

Por isso, Jonas entrou em contato com familiares por uma rede social e disse que os supostos sequestrados estariam cobrando R$ 30 mil para libertá-lo e se a quantia não fosse paga, toda sua família morreria.

Prisão

Após a prisão, os suspeito confessou a tentativa de homicídio e admitiu que o sequestro era falso. Além do crime contra a idosa, o homem será indiciado também pelo crime de extorsão.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.