ÓLEO NAS PRAIAS

Venezuela nega que seja responsável por óleos em praias do Nordeste

O ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, apontou estudo da Petrobras para indicar que o petróleo vem da Venezuela

Venezuela nega que seja responsável por óleos em praias do Nordeste

Mais de 138 pontos no litoral dos nove Estados do Nordeste foram atingidos pelo óleo. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Após o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Ricardo Salles, levantar suspeitas sobre um "navio estrangeiro" e o presidente Jair Bolsonaro afirmar que o petróleo encontrados na praias do Nordeste pode ser um "ato criminoso", o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, negou que o país tenha relação com o caso, nesta quinta-feira (10). Mais de 138 pontos no litoral dos nove Estados do Nordeste foram atingidos pelo óleo.

A estatal Petróleos de Venezuela S. A. (PDVSA) declarou que "não existe evidência alguma de derrame de óleo cru dos campos petroleiros da Venezuela que pudessem haver gerado danos no ecossistema marinho do País vizinho", diz o texto.

Poluição

Uma audiência para debater o desmatamento na Amazônia foi realizada nesta quinta-feira (10), na Câmara dos Deputados e o Ministro de Meio Ambiente, Ricardo Sales, em levantou a suspeita de que o petróleo que está poluindo as praias do litoral brasileiro, tenha vindo de um navio estrangeiro, possivelmente da Venezuela.

"Esse petróleo que está vindo, muito provavelmente da Venezuela, como disse o estudo da Petrobras. É um petróleo que veio de um navio estrangeiro, ao que tudo indica, navegando próximo à costa brasileira. Com derramamento acidental ou não, nós estamos tendo uma enorme dificuldade de conter", falou Sales.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.