DESABAFO

Vídeo: pescador desabafa sobre situação das manchas de óleo no Nordeste

O pescador diz que ''as praias estão abandonadas'' e o vídeo repercute na internet

Vídeo: pescador desabafa sobre situação das manchas de óleo no Nordeste

O pescador enfatizou que as praias estão abandonadas, e os governantes ‘não fazem nada para mudar a situação - Foto: Reprodução/TV Jornal

Um vídeo sobre o desabafo de um pescador da praia de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, falando da situação das manchas de óleo viralizou nas redes sociais. O registro mostra ele cobrando das autoridades em relação ao desastre ambiental, que vem afetando o litoral do Nordeste desde setembro. O termo em inglês usado pelo pescador, ‘off shore’, quer dizer “afastado da costa”, e está relacionado a atividade de exploração petrolífera.

Desabafo

“Daqui há alguns dias a gente vai morrer por conta do óleo poluído? Por conta do peixe poluído? Sou nascido e criado na praia. Vocês (autoridades) vão ficar assim olhando. Eu tirei quase duas toneladas de óleo de um cacho de ostras. Essa contenção tem que ser feita lá em “off shore” (afastado da costa)”, desabafou.

Sacos de óleo na Praia do Paiva

Dois sacos de óleo foram encontrados por voluntários, no domingo (20). As embalagens mostram que o material foi produzido na Malásia e está traduzida em 18 idiomas.

Esclarecimento

A MAPA do Brasil, tendo em vista as imagens divulgadas pela imprensa hoje (21/10), que indicam o aparecimento de embalagens da empresa sujas com óleo na praia do Paiva, no município do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, esclarece que os produtos referentes às embalagens encontradas não são produzidos no Brasil e não são comercializados no país. Foi aberta uma imediata investigação interna para descobrir a origem do material e o motivo da existência de óleo no interior das embalagens.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.