CASO DE POLíCIA

Abalado, pai de uma das jovens mortas a tiros em Escada pede justiça

Duas mulheres foram assassinadas e os familiares estiveram no IML para liberar os corpos

Abalado, pai de uma das jovens mortas a tiros em Escada pede justiça

As duas mulheres foram mortas a tiros na última sexta-feira (17) - Foto: Luisi Marques/TV Jornal

O pais das jovens mortas a tiros, no município de Escada, na Zona da Mata Sul do Recife, estavam bastantes abalados enquanto aguardavam a liberação dos corpos de Daniele Mirele da Silva Arcelino, de 20 anos, e Gleice Kelly Silva do Nascimento, de 18 anos, no Instituto de Medicina Legal (IML). A família diz não ter ideia da motivação crime.

''Não faço ideia sobre o que aconteceu. Ela nunca falou para mim de ameaça. Sei que ela só trabalhava. O que eu quero é justiça'', disse o pai de Daniele. A jovem deixou uma filha de três anos de idade. Já o pai de Gleice preferiu não gravar entrevista.

Relembre o caso

Além das vítimas fatais, uma outra jovem e crianças também estavam na calçada da casa de uma delas, quando homens chegaram atirando. De acordo com a populaãção, a asa servia como ponto de drogas.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

Mulher morre após saltar de ônibus durante assalto

Guardas de Igarassu perseguem homem até Itapissuma e o agridem

Mulher grávida é encontrada inconsciente em cama após agressão

Agreste: homem é morto após sair de missa e menina de 7 anos é baleada

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.