METRÔ

Vítimas de acidente no metrô do Recife contam os momentos de tensão

Muitas pessoas desmaiaram e outras ficaram nervosas

Vítimas de acidente no metrô do Recife contam os momentos de tensão

O acidente no Metrô do Recife causou pânico e dor de cabeça entre usuários - Foto: Bruno Campos/TV Jornal

A colisão entre entre trens no metrô do Recife, nesta terça-feira (18), deixou inúmeras pessoas feridas. De acordo com os Bombeiros, mais 30 pessoas foram resgatadas. Por conta do acidente, as vítimas ficaram assustadas e contaram os momentos de tensão que viveram na Estação Ipiranga.

''Eu estava no último vagão, vindo de Jaboatão e iria descer na Joana Bezerra. A minha sorte foi que eu estava sentada, que é muito raro, pois vem muito lotado. Foi aquele impacto. Todo mundo caiu no chão. Quando eu olhei, ajudei algumas pessoas a se levantar. Quando descemos pela porta de emergência, foi quando a gente viu a situação'', contou a professora, Joseana de oliveira.

 ''Estávamos conversando e ouvimos a pancada. De repente, todo mundo estava em cima do outro. Machuquei o pesoço e o tornozelo. Me sinto revoltada, como a maioria do usuários. A gente paga passagem cara, não tem segurança e não tem comodidade'', disse a cuidadora de idosos, Ivana Gabriela.

O acidente

Testemunhas relataram à reportagem da TV Jornal e do Jornal do Commercio que, um trem estava parado, quando de repente sentiram o impacto de batida e as luzes se apagaram. O Corpo de Bombeiros informou foi acionado às 05h47 horas para atender uma ocorrência envolvendo dois trens do Metrorec.

Vítimas

Todos pacientes entre 18 e 60 anos

UPA da Imbiribeira

Recebeu 25 pacientes. Desses, 6 já receberam alta e 19 estão realizando exames ou em observação, todos estáveis.

UPA da Caxangá

Recebeu 14 pacientes. Desses, 7 já receberam alta e 7 estão em observação, todos estáveis.

UPA do Curado

Recebeu 5 pacientes. Todos já receberam alta.

UPA do Ibura

Recebeu 7 pacientes. Desses, 3 receberam alta e 4 estão em observação, todos estáveis.

Hospital da Restauração

Recebeu 8 pacientes em sua unidade de trauma. Todos foram avaliados e estão estáveis.

Nota da CBTU

A CBTU lamenta o acidente ocorrido na data de hoje na Estação Ipiranga e se solidariza com os usuários. A empresa está acompanhando e prestará assistência a todos os envolvidos. Um Comitê de Crise foi instituído e a comissão interna de acidentes já está trabalhando na análise dos fatores que podem ter contribuído para tal ocorrência que é inédita. O Metrô do Recife possui sistema eletrônico de monitoramento que garante a segurança de tráfego, o que tem sido eficaz durante os 35 anos de operação.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.