AUXíLIO EMERGENCIAL

Caixa Econômica Federal divulga regras para cadastro do coronavoucher

Os brasileiros que têm direito ao auxílio emergencial de R$ 600, mas não são todos

Caixa Econômica Federal divulga regras para cadastro do coronavoucher

A Caixa Econômica Federal liberou o aplicativo que permite o cadastramento para quem tem direito a receber o auxílio - Foto: Marcello Casal Jr- Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou as regras para o cadastramento do 'coronavoucher'. Muita gente está indo procurar agências bancárias, desde a liberação do cadastro para o auxílio emergencial na terça-feira (07), mas não adianta. O cadastro só pode ser feito via site ou aplicativo. Em caso de dúvidas, o governo disponibilizou o telefone 111.

As duas parcelas devem ser creditadas entre os dias 27 e 30 deste mês e 26 e 29 de maio. O usuário precisa ficar atento a previsão de pagamento do benefício, para se programar. Ao todo, de acordo com o Governo Federal, 54 milhões de pessoas devem ser beneficiadas.

Requisitos

Para ter acesso ao auxílio emergencial, no valor de R$ 600, a pessoa deve cumprir, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • Ser maior de 18 anos de idade;
  • não ter emprego formal;
  • não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
  • renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70;
  • exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.