PANDEMIA

Aumento de casos do coronavírus em Pernambuco podem ser por pessoas pré-sintomáticas ou assintomáticas; entenda a diferença

Os números do coronavírus seguem sendo atualizados diariamente pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE)


Aumento de casos do coronavírus em Pernambuco podem ser por pessoas pré-sintomáticas ou assintomáticas; entenda a diferença

Pernambuco ainda confirma, diariamente, centenas de novos casos de coronavírus - Foto: Pixabay

Em entrevista coletiva online, o secretário estadual de saúde, André Longo, se referiu ao aumento, em alguns dias, dos casos do novo coronavírus em Pernambuco, como consequência do maior número de testagem em pessoas assintomáticas, tendo comentado a situação no arquipélago Fernando de Noronha, em que 36 pessoas foram infectadas dessa forma. No entanto, você qual a diferença pessoas assintomáticas e pré-sintomáticas?

O diretor de emergências da  Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou que pessoas assintomáticas transmitem coronavírus. Ainda de acordo com a OMS, existem três tipos de contágio da covid-19:

  • Pessoas com sintomas - diagnóstico positivo para o vírus e que apresentam sintomas; 
  • Pessoas pré-sintomáticas - possuem o vírus e ainda não apresentaram os sintomas, mas em algum momento vão aparecer;
  • Pessoas assintomáticas - que estão com o vírus e não apresentam sintomas.

Em relação aos casos em Pernambuco, o secretário André Longo explicou que o aumento de confirmações em alguns dias específicos se dá, muitas vezes, ao atraso da notificação.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Quais são os sintomas?

Os sintomas da COVID-19 podem variar de um simples resfriado até uma pneumonia severa. Sendo os sintomas mais comuns:

  • Tosse;
  • Febre;
  • Coriza; 
  • Dor de garganta;
  • Dificuldade para respirar.

Como é transmitido?

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de: 

  • Toque do aperto de mão;
  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, maçanetas, brinquedos, teclados de computador etc.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização;
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência;
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção)

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.