Grande Recife

Jovem que morreu após picada de cobra estava brincando com animal


TV Jornal
TV Jornal
Publicado em 02/10/2018 às 19:35
Leitura:

-Reprodução/TV Jornal

Poucas casas e muito mato. Na Rua Paratibe, na Comunidade do Passarinho, na Região Metropolitana do Recife, os moradores relatam que é comum cobras serem vistas pela localidade. Tanto é, que alguns moradores não tinham medo. Era o caso de Elielson da Silva de Oliveira, de 26 anos, que morreu no último domingo (30) após ser picado por uma cascavel. Segundo amigos, o rapaz estava brincando com o animal antes de ser atacado e, mesmo após a mordida, demorou a se preocupar.

O caso

Um rapaz de 26 anos morreu após ser atacado por uma cobra. Elielson da Silva de Oliveira foi picado por uma cascavel, na última sexta-feira (2), e, desde então, estava internado no Hospital da Restauração (HR), área central da capital, onde faleceu no domingo (30).

A cobra cascavel picou o jovem enquanto ele passava por uma área de matagal, atrás de um motel no bairro. Ele foi socorrido por populares ao HR, mas não resistiu à infecção causada pelo veneno da serpente.

Cobras venenosas em Pernambuco

As espécies venenosas registradas em Pernambuco são a coral verdadeira, a jararaca-da-seca, a malha-de-sapo, a jararaca-pintada e a cascavel. O veneno da jararaca pode provocar sangramento e inflamação no local da picada. O da espécie cascavel causa dor generalizada e visão turva.

Já o da cobra coral, causa dormência no local da picada e fraqueza muscular. A visão da vítima pode ficar turva, além de ter dificuldades de respirar, o que pode levar à morte uma hora após a mordida.

O Centro de Assistência Toxicológica de Pernambuco (Ceatox), funciona 24h por dia, e pode esclarecer sobre este assunto através do telefone 0800 722 6001.

+VÍDEOS