Crime

Policial morto por filho, que cometeu suicídio: Quem eram as vítimas? Como era a relação entre eles? Saiba mais sobre o caso


Um agente aposentado da Polícia Civil de Pernambuco e seu filho morreram, na Zona Norte do Recife

JC
JC
Publicado em 30/11/2021 às 11:22
Notícia
Reprodução/Alerta Campo Grande
O policial civil foi atingido na barriga pelo tiro disparado pelo próprio filho durante a discussão - FOTO: Reprodução/Alerta Campo Grande
Leitura:

Um comissário aposentado da Polícia Civil de Pernambuco e o filho dele morreram em Campo Grande, na Zona Norte do Recife. Segundo a polícia, uma discussão teria acontecido entre eles e acabado em tragédia.

O suspeito de efetuar o disparo contra o policial seria o próprio filho. Confira a cobertura completa no Primeiro Impacto Pernambuco desta terça-feira (30), a partir do minuto 28:

>> Policial civil, que foi baleado pelo filho no Recife, tem morte confirmada pelo Hospital da Restauração

>> Filho atira contra o pai, que é policial civil, e depois comete suicídio na Zona Norte do Recife

Quem eram as vítimas?

A movimentação de policiais na Rua Pereira Passos, onde aconteceu o crime, foi intensa. O crime foi no início da noite dessa segunda-feira (29), e deixou os moradores assustados.

O comissário aposentado da Polícia Civil, Sóstenes da Silva Gonzaga, de idade não divulgada, foi baleado na barriga. O suspeito de efetuar o disparo teria sido o próprio filho, identificado por Sóstenes Ramos da Silva Gonzaga Neto, de 26 anos.

Segundo as investigações, após atingir o pai, o jovem teria tentado cometer o suicídio.

Como era a relação entre pai e filho?

Testemunhas que preferiram não gravar entrevista, disseram que, na casa do policial, as brigas eram constantes. Ainda segundo relatos, o filho do agente também já teria tentado matar o próprio irmão a facadas.

As investigações apontam que o policial teria tentado esclarecer o motivo dos desentendimentos entre os filhos, o jovem não aceitou a correção e efetuou os disparos.

Investigação do caso

De acordo com as apurações, após matar o pai, o jovem teria tentado cometer o suicídio. Ambos foram socorridos para o Hospital da Restauração e, segundo a assessoria de imprensa da unidade de saúde, eles não resistiram aos ferimentos.

Uma equipe do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) já deu início às investigações.