SAúDE

Terapia com cavalos ajuda no desenvolvimento de crianças especiais

A equoterapia foi regulamentada por lei no início de 2019

Terapia com cavalos ajuda no desenvolvimento de crianças especiais

Ane, de 13 anos, é portadora da Síndrome de Angelman - Foto: Reprodução/TV Jornal

Uma visita ao Centro Elohim de equoterapia, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, mostrou a história menina Ane, de 13 anos de idade, que é portadora da Síndrome de Angelman (que causa falha no desenvolvimento dos nervos), e pratica as sessões ao menos uma vez por semana. A equoterapia, ou terapia com cavalos, é um tratamento multidisciplinar que auxilia no desenvolvimento de pessoas com necessidades especiais, e tem ganhado destaque por conta da evolução no quadro dos pacientes que realizam essa forma de tratamento.

 Acompanhamento

A sessão é acompanhada por uma equipe multidisciplinar. O passeio e as atividades com o cavalo são vários benefícios do ponto de vista da coordenação motora, postura, e também na interação social. A mãe da menina, a psicóloga Dinalva Barros, explica a diferença na vida da filha após iniciar as sessões.

“Ane fazia algumas terapias tradicionais, porém, não se adaptava muito bem. Após o início da equoterapia, ela melhorou em diversos aspectos: em questão de equilíbrio, interação social e desapego”, explica.

Benefícios

A diretora do Centro de equoterapia, Georgia Veras, falou também sobre os benefícios do tratamento. “A equoterapia traz benefícios muito rápidos. São muitos estímulos, que são realizados, e tem pacientes que, com poucas sessões, já é notória a diferença de comportamento da criança nas habilidades motoras”, afirmou.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.