INVESTIGAÇÃO

Corpo de mulher que teria sido jogado de ponte no Recife é achado

Durante as buscas pela manicure, dois botes com equipes do Corpo de Bombeiros percorreram o rio e um helicóptero da SDS sobrevoou o local

Corpo de mulher que teria sido jogado de ponte no Recife é achado

Durante as buscas, dois botes com equipes do Corpo de Bombeiros percorreram o rio e um helicóptero da SDS sobrevoou o local - Foto: Day Santos/TV Jornal

O corpo da manicure de 40 anos, que estava desaparecida desde o domingo (3), foi encontrado nesta terça-feira (5). As buscas pela mulher tinham sido retomadas nesta manhã, por volta das 8h, pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a família, a mulher teria sido jogada do alto da Ponte Motocolombó, que liga os bairros de Afogados e a Imbiribeira, no Recife, pelo próprio namorado. 

>> Bombeiros fazem buscas por mulher que teria sido jogada no Rio Teijipió, no Recife

A vítima foi encontrada a 5km de onde familiares da manicure afirmaram que ela teria sido jogada por seu companheiro, num braço do Rio Tejipió, na comunidade conhecida como Rabo da Lacraia. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife.

Buscas 

As buscas pelo corpo da manicure foram feitas por dois botes do Corpo de Bombeiros e um helicóptero da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS).

Em alguns trechos, o trabalho foi mais demorado por conta da quantidade de lixo e raízes no Rio Tejipió. Além disso, enquanto parte da corporação estava na água, outra equipe dava suporte e fazia às buscas de helicóptero da SDS. Os bombeiros sobrevoaram todo perímetro do rio.

Populares e a família da manicure acompanharam o trabalho. Abalados, os parentes já não tinham mais esperança de encontrar a mulher com vida.

Ameaças

Uma parente, que não quis se identificar, também acompanhou as buscas. Na ocasião, ela falou sobre o relacionamento da manicure com o atual namorado, principal suspeito pelo desaparecimento da mulher. Ela também contou sobre supostas ameaças que a família vem recebendo pelas redes sociais.

Relembre o caso

A manicure de 40 anos foi vista pela última vez por volta das 22h do sábado (2). Segundo familiares, o namorado da vítima teria ligado para um parente dele pedindo para socorrer a mulher, que estaria ensanguentada. 

Ao se aproximar da Ponte Motocolombó, o suspeito teria pedido para o parente parar o carro. Neste momento, ele desceu do carro e teria jogado a mulher no rio. O carro usado no socorro foi levado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O homem ainda não foi encontrado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.