INVESTIGAçãO

Pacientes denunciam problemas de visão após mutirão de cirurgias

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) estão investigando a denúncia de que 10 pacientes tiveram problemas inflamatórios de visão, após uma cirurgia de catarata. A clínica conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS), não foi interditada para novas cirurgias.

A clínica fica no bairro da Ilha do Leite, na área central do Recife. Os pacientes atendidos lá são encaminhados pelos postos de saúde do município, onde são realizados vários procedimentos, incluindo exames e cirurgias.

O problema

No último dia 5 de dezembro, 36 pacientes participaram de um mutirão de cirurgias de catarata, e 10 deles disseram ter tido problemas pós-cirurgia. Alguns disseram ter perdido a visão completamente, e denunciaram a equipe por erro médico.

Em entrevista, o médico responsável pelos procedimentos reconheceu o erro, mas, garantiu que está sendo feito tudo que é possível para descobrir o que causou a inflamação. O médico disse ainda que nenhum paciente perdeu a visão, e que está fazendo o acompanhamento de todos eles.

O caso foi denunciado pela Secretaria de Saúde do Recife. Segundo o secretário Jailson Correia, todas as cirurgias que estavam agendadas foram suspensas, por tempo indeterminado. O Ministério Público de Pernambuco e o Cremepe confirmaram que também vão investigar as denúncias.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.