Zona Oeste do Recife

Remoção dos escombros de imóvel demolido é iniciada em Afogados


Documentos da mulher morta no desabamento foram achados. "Ele está abalado, chamando pelo nome dela dormindo. Está muito chocado", diz amigo do marido

Gustavo Henrique Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 24/05/2019 às 11:55
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A Defesa Civil demoliu, na tarde dessa quinta-feira (23), os dois prédios construídos no terreno onde aconteceu um desabamento que deixou uma mulher morta e sete feridos, no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife. A remoção dos escombros, feita pela Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) e coordenada pela Defesa Civil, teve início na manhã desta sexta-feira (24), após nova interdição na Ponte de Afogados.

Durante a busca nos entulhos, foram encontradas a certidão de nascimento e a carteira de trabalho de Alba Valéria Guimarães, que morreu no desabamento do imóvel. O amigo do marido da vítima, Manoel da Silva, foi até o local para buscar os documentos e relatou que o marido de Alba ainda está em choque "Ele está muito abalado, chamando pelo nome dela dormindo. Ele está muito chocado".

Confira a reportagem

Tráfego

A Ponte de Afogados foi liberada para os motoristas depois da demolição. Na manhã desta sexta (24), o local foi novamente interditado para que a Emlurb, coordenada pela Defesa Civil, iniciasse os trabalhos de remoção dos entulhos. Uma equipe da Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU) permanece orientando motoristas no local.