ÓBITOS

Sobe o número de mortos por causa da chuva torrencial no Grande Recife

No bairro de Passarinho, um casal de idosos morreu após uma barreira deslizar

Sobe o número de mortos por causa da chuva torrencial no Grande Recife

Oito pessoas morreram durante a madrugada, devido a deslizamento de barreiras e queda de árvore - Foto: Leandro Oliveira/TV Jornal

Subiu para onze o número de pessoas que morreram vítimas da chuva forte que cai na Região Metropolitana do Recife,  desde a tarde dessa terça-feira (23). As mortes aconteceram após deslizamentos de barreira e queda de árvore, entre a madrugada e manhã desta quarta-feira (24). 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os casos ocorreram em Águas Compridas, em Olinda, na Estrada do Passarinho e na Rua Córrego do Curió, no bairro de Dois Unidos, no Recife, e no Córrego da Areia, em Caetés, Abreu e Lima.

>> Confira como está a situação do Grande Recife por causa da chuva

>> Chuva: saiba qual é a previsão da Apac para esta quarta-feira

>> Chuvas torrenciais deixam mortes no Grande Recife

 

Abreu e Lima

Em Caetés, duas pessoas foram retiradas de escombros, após um soterramento. Uma delas foi identificada pelos Bombeiros apenas como Ariana, de 39 anos. Ela estava consciente e foi levada para o Hospital Miguel Arraes, em Paulista A outra pessoa foi a filha dela, identificada como Mariana, 19, que foi retirada viva, mas não resistiu.

Também foram retirados dos escombros, sem vida, um adolescente, identificado como Luiz Henrique, de 15 anos, e um homem de aproximadamente 50 anos, identificado apenas como Dalmir. Os Bombeiros ainda buscam por outras pessoas soterradas. Estima-se que três ainda estejam sob os escombros.

   

vítimas:

-Mariana, 19 anos - Caetés

-Luiz Henrique, 15 anos - Caetés

-Silvano, idade não revelada - Caetés

-Adalmir, 50 anos - Caetés

>> Chuva forte deixa pessoas mortas no Grande Recife

>> Veja quais os pontos de alagamento no Grande Recife nesta quarta-feira

>> Chuva: confira os órgãos e instituições que suspenderam atividades

 

Recife

vítimas:

-Josafá Barbosa da Costa, 34 anos - Dois Unidos

-Natalicio Vicente da Silva, 69 anos - Passarinho

-Ivonete Maria da Silva, 63 anos - Passarinho

Passarinho

No bairro de Passarinho, um casal de idosos morreu, após uma barreira deslizar e destruir a casa deles. Os Bombeiros foram acionados para a ocorrência às 4h. No local, muita lama e destroços. Uma residência ao lado foi interditada, bem como outras casas, acima da barreira. Todas elas correm risco de desabamento.

Outra vítima continua desaparecida e a corporação aguarda a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) desligar o fornecimento de energia na área para continuar o resgate.

Dois Unidos

Em Dois Unidos, uma árvore caiu em cima da casa de uma família, no Córrego do Curió. Um homem, de 34 anos, conhecido apenas como Zezinho, morreu, por volta das 5h. "Agora, às 5h, infelizmente a gente só escutou os gritos. Saímos para tentar ajudar, mas infelizmente não teve condições", lamentou um morador da área.

Ainda de acordo com a testemunha, o rapaz chegou a sair da casa com os filhos, mas quando voltou à residência acabou soterrado. "Ele saiu com os filhos, tentou voltar para pegar um objeto, móveis e infelizmente não deu", disse.

Olinda

Outras duas mortes aconteceram no bairro de Águas Compridas, em Olinda,  onde barreiras deslizaram, soterrando as vítimas.  Uma das ocorrências foi na rua Arcoverde, onde morreu um homem, de 25 anos, e a outra na rua Aquarela, onde morreu uma mulher, de 78 anos.

Vítimas:

-Abraão Batista da Silva, 25 anos - Águas Compridas

-Iraci Maria da Conceição, 78 anos - Águas Compridas

-Elisângela, idade não revelada - Passarinho

-Diego, idade não revelada - Passarinho

  

Trotes

De acordo com o  Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), houve 41 'trotes' entre as ligações recebidas em Recife na noite da última terça-feira (23) e até a manhã desta quarta-feira (24).

Defesa Civil

Em nota a defesa civil informa que foram registradas duas ocorrências graves, com três vítimas fatais, na madrugada desta quarta-feira (24) na Rua Ageu, no bairro de Passarinho, e no Córrego do Curió, em Dois Unidos. A Prefeitura, através da Secretaria de Defesa Civil, a Secretaria de Desenvolvimento Sociais e Direitos Humanos, a Secretaria de Saúde, o  Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) e a Guarda Municipal, prestou toda a assistência às famílias atingidas. Além do atendimento em relação à saúde dos envolvidos, serão oferecidos abrigos e, em caso de óbitos, assistência através de auxílio-funeral. A Secretaria de Defesa Civil também está apurando as causas das ocorrências.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.