Atenção

Polícia Federal alerta para 'Golpe do Amor'; saiba como funciona


A Polícia Federal dá dicas para se proteger desse golpe

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 06/08/2019 às 10:50
Arquivo/Agência Brasil
FOTO: Arquivo/Agência Brasil
Leitura:

A Polícia Federal (PF) está alertando para o 'golpe do amor'. Segundo a PF, golpistas têm escolhido mulheres entre 44 e 54 anos como alvos principais. Na maioria das vezes, eles se passam por estrangeiros interessados nas vítimas. A conversa sempre é bonita e os criminosos rapidamente se mostram apaixonados.

Confira

Vítima

Uma auxiliar administrativa, de 47 anos de idade, foi abordada pelo golpista pelas redes sociais, há pouco menos de um mês. Na foto do perfil, um homem de boa aparência, aparentando ter 55 anos, se apresentou como um militar americano, em missão de paz no Afeganistão.

Em algumas trocas de mensagens, o suposto militar já se mostrava bastante apaixonado. Desconfiada da conversa, a mulher procurou a polícia, recebeu orientações e voltou a falar com o suposto sargento americano, que logo foi descoberto como golpista.

Ele chegou a pedir R$ 1500 à vitima para poder visitá-la no brasil.

>> Golpe antigo pelo celular ainda faz vítimas no Recife

>> Queria iPhone: Recifense é vítima de golpe em site de compras

>> Agências de turismo são suspeitas de aplicar golpes em Pernambuco e SP

Como se proteger

Para não ser vítima do 'golpe do amor', como a modalidade foi batizada, uma dica é que golpistas não gostam de câmeras. Exigir videochamadas é uma forma de não cair nos golpes Quem for vítima desse tipo de crime ou perceber a aproximação de um 'golpista do amor' deve procurar a Polícia Civil de Pernambuco.

>> Golpe que circula há uma semana já fez 180 mil vítimas pelo Whatsapp

>> Aposentado cai em golpe de empréstimo e fica devendo mais de R$13 mil