AUMENTO

Depois da carne bovina, pão francês fica mais caro e incomoda consumidores

O presidente da Associação de Panificadores de Pernambuco informou que o valor do pão não é reajustado em Pernambuco desde o ano passado

Depois da carne bovina, pão francês fica mais caro e incomoda consumidores

A expectativa de um possível aumento do pão é vista com preocupação pelos consumidores - Foto: Reprodução/TV Jornal

Considerado uma das paixões nacionais, o pão francês está na mesa de boa parte dos brasileiros. No entanto, por conta da alta do dólar, o quilo tradicional varia entre R$ 9 e 15 em Pernambuco. Alguns donos de padaria no Recife acreditam que o aumento de preço é inevitável ainda em 2019.

No Brasil, metade da produção de trigo é essencial para a produção dos pães. Por isso, é preciso importar para atender o mercado interno e gera um reajuste do preço do produto.

Reajuste

De acordo com o presidente da Associação de Panificadores de Pernambuco afirma que o valor do pão não é reajustado no Estado desde o ano passado e que as padarias vem trabalhando no limite para tentar não alterar o preço.

>>>Preço da carne dispara e preocupa consumidores; entenda

Preocupação

A expectativa de um possível aumento do pão é vista com preocupação pelos consumidores. "Se você compra 12 pães, vai passar a comprar 10, 8, daqui a pouco não vai está dando para comprar mais nada", relata o aposentado, Pedro Roseno.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.