POLíCIA FEDERAL

PF: golpe da cirurgia plástica já fez mais de 150 vítimas no Recife

Uma das vítimas chegou a pagar mais de R$ 40 mil, por um procedimento estético que nunca foi realizado.

PF: golpe da cirurgia plástica já fez mais de 150 vítimas no Recife

Ainda segundo a polícia, esse consórcio funcionava desde 2016, mas não havia médicos envolvidos no esquema. - Foto: Reprodução/TV Jornal

Uma operação da Polícia Federal que investiga um falso consórcio que promete realizar o sonho da cirurgia plástica. As vítimas chegaram a pagar até 70 parcelas, com valores mensais entre R$ 300 e R$ 500, dependendo do procedimento estético.

No Recife, mais de 150 pessoas caíram no golpe.

Operação Sirenia

Durante a operação, denominada Sirenia, a Polícia Federal cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em cidades da Região Metropolitana do Recife. Nos documentos apreendidos, a PF detectou que o consórcio, com sede em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, que prometia realizar cirurgias plásticas, atuava sem autorização do Banco Central.

Ainda segundo a polícia, esse consórcio funcionava desde 2016, mas não havia médicos envolvidos no esquema.

Vítimas

De acordo com a PF, mais de 150 mulheres foram vítimas desse consórcio, só no Recife. Elas chegaram a pagar de 50 a 70 parcelas, cujo valor variava, a depender da cirurgia. Uma das vítimas chegou a pagar mais de R$ 40 mil, por um procedimento estético que nunca foi realizado.

Alerta

O chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, alertou que, para não ser vítima desse tipo de golpe,é preciso ficar atento se o consórcio está registrado no Banco Central.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.