CORONAVÍRUS

Coronavírus: Polo de Caruaru deve confeccionar 1 milhão de máscaras

Empreendedores do Polo de Confecção do Agreste poderão ter acesso a linha de crédito aberta pelo Governo para investir em EPIs

Coronavírus: Polo de Caruaru deve confeccionar 1 milhão de máscaras

Por ano, o Polo de Confecção do Agreste consegue produzir em torno de 225 milhões de peças. O tecido que produz moda, gera renda e aquece a economia de Pernambuco, agora diante da pandemia do novo coronavírus, está produzindo Equipamentos de Segurança Individual (E.P.Is). 

Empresas localizadas em Caruaru, uma das cidades do Polo de Confecção do Agreste, estão produzindo máscaras para ajudar na prevenção do vírus. As companhias estão fabricando dois tipos de máscaras: descartáveis e reutilizáveis, que são as de tecido.

Juntando os dois tipos, uma empresa consegue produzir, por exemplo, em torno de 15 mil máscaras por dia, comercializando para empresas e hospitais de todo o estado.

Assista na reportagem

Linha de crédito

Durante esta pandemia, as empresas devem confeccionar mais de um milhão de máscaras. Para isso os empreendedores poderão ter acesso a uma linha de crédito para comprar materiais. O recurso estimado do Governo do Estado é 6 milhões de reais.

O apoio financeiro foi bem recebido pela cadeia têxtil de Pernambuco, já que a pandemia vem causando inúmeros prejuízos a economia.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.