CORONAVÍRUS

Farmácia do Estado com grande fila e aglomerações nesta quinta-feira

A maioria das pessoas na farmácia era de idosos e portadores de comorbidades, integradas no grupo de risco da covid-19

Farmácia do Estado com grande fila e aglomerações nesta quinta-feira

Dona Sebastiana, de 82 anos, sofre com problemas pulmonares. Apesar de ser do grupo de risco da covid-19, a idosa estava na fila para pegar remédios durante a manhã de hoje (16) - Foto: Bruno Campos / JC Imagem

A fila no pátio da Farmácia Central do Estado dava voltas na manhã desta quinta-feira (16). A maioria era de idosos e de pessoas com problemas pulmonares e transplantados, ou seja, quase todo mundo ali estava enquadrado no grupo de risco da covid-19.

Dona sebastiana (foto), de 82 anos, pôs uma máscara de pano, que comprou e foi enfrentar a fila para garantir seus medicamentos. Além da idade, a saúde fragilizada a coloca ainda mais em risco, pois ela sofre de problemas pulmonares.

>>>Coronavírus: "Precisamos cuidar para evitar dias terríveis", diz Longo

Aproximação inevitável

Marcas no chão deveriam ajudar a manter o distanciamento social na fila. Mas a extensão era tão grande que a aproximação das pessoas chegava a ser inevitável em alguns trechos. Era permitida a entrada apenas de 8 em 8 pessoas para evitar aglomerações.

O protocolo de segurança provocou uma espera de tempo média de 2h. Ainda assim, sem garantia de que o remédio estaria disponível. 

Ver essa foto no Instagram

A fila para pegar medicamentos no pátio da Farmácia Central do Estado de Pernambuco dava voltas na manhã desta quinta-feira (16). A maioria era de idosos e de pessoas com problemas pulmonares e transplantados, que são enquadrados no grupo de risco do Coronavírus. As marcas no chão deveriam ajudar a manter o distanciamento social na fila, mas não foi suficiente para evitar a aproximação. Dentro da farmácia, era permitida a entrada de apenas apenas oito pessoas por vez para evitar aglomerações. O protocolo de segurança provocou uma espera de duas horas, em média. Em nota, a gestão da Farmácia de Pernambuco informou que vem tomando medidas para evitar aglomeração e destacou que precisa contar com a colaboração de cada usuário. Leia mais em TVJORNAL.COM.BR #coronavirus #covid19 Foto: Bruno Campos / JC Imagem

Uma publicação compartilhada por TV Jornal | SBT (@tvjornalsbt) em

Nota na íntegra

Como medida preventiva, a gestão da Farmácia de Pernambuco vem tomando uma série de medidas para evitar aglomeração e contato entre as pessoas. As filas estão sendo organizadas na área externa da Farmácia, ao ar livre, e só entram pacientes em grupos pequenos, no máximo dez indivíduos. Na fila, está sendo orientado que respeitem o espaço seguro entre cada um, inclusive com a presença de marcadores no chão. A unidade metropolitana recebe quase mil pacientes por dia.

É importante salientar que esse é um trabalho de conscientização feito pela equipe da Farmácia e precisa contar com a colaboração de cada usuário. A Farmácia de Pernambuco salienta que segue funcionando em horário normal (7h às 16h), sem horário de almoço, de segunda a sexta-feira, portanto, os pacientes ou seus representantes não precisam se dirigir ao setor no momento da aberturas unidades, mas busquem horários variados, evitando assim as aglomerações.

Como medida para evitar o deslocamento de pacientes idosos, principal grupo de risco para Covid-19, a Farmácia orienta que esses busquem enviar um representante para fazer a retirada do insumo. Todos os idosos estão sendo orientados a substituir suas idas pela presença dos filhos, vizinhos ou amigos. É importante que saibam que podem eleger um representante para que não haja o deslocamento.

É necessário que este representante apresente, no momento da dispensação, o documento de declaração autorizadora devidamente preenchido pelo paciente, assim como cópia de documentos oficiais (identidade e CPF) para confirmação da identidade com o intuito de evitar fraudes. O documento está disponível para impressão no site da Farmácia de Pernambuco, no menu aba Arquivo - Declaração Autorizada (http://farmacia.saude.pe.gov.br). É importante acrescentar que os funcionários da Farmácia do Estado estão distribuindo cópias das declarações autorizadoras para os usuários que demonstram interesse nesta opção.

Sobre o fornecimento dos fármacos, o setor está realizando a entrega de insumos para o período de até dois meses, evitando assim o deslocamento e exposição dos pacientes. Vale destacar que a entrega desse quantitativo só é realizada de acordo com o tratamento e tipo da doença, além da forma segura para o armazenamento dos insumos por parte dos pacientes e de acordo com o estoque de cada medicamento para que todos os pacientes cadastrados possam ser beneficiados.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.