COVID-19

Hospital de campanha é construído no estacionamento do Tricentenário

Mesmo com entrega de respiradores consertados pelo Senai, hospital de campanha administrado pelo Tricentenário está lotado e outro está sendo construído

Hospital de campanha é construído no estacionamento do Tricentenário

Até o momento, 12 respiradores já foram recuperados e entregues a unidades de saúde do Estado. - Foto: Reprodução/ iStock

Desde o fim de março, uma equipe do Senai recupera ventiladores pulmonares de hospitais públicos, que estavam em desuso, para ajudar no tratamento de vítimas do novo coronavírus (covid-19).

Até o momento, 12 respiradores já foram recuperados e entregues a unidades de saúde do Estado. Dos ventiladores pulmonares consertados, nove chegaram, nessa terça-feira (5), ao Hospital Tricentenário, em Olinda, no Grande Recife, que administra o hospital provisório instalado na antiga Maternidade Brites de Albuquerque, para o atendimento exclusivo de pacientes com a covid-19.

>> Coronavírus: Respiradores consertados pelo Senai são entregues no Recife

>> Coronavírus: Recife obtém liminar favorável à entrega de respiradores

Capacidade

De acordo com o diretor da unidade, Gil Brasileiro, a partir desta quarta-feira (6), os 9 respiradores entregues pelo Senai e mais um, adquirido pelo Governo do Estado, devem estar funcionando, na antiga maternidade. Assim, serão 30 leitos de UTI, dos 60 previstos pela Secretaria Estadual de Saúde para o hospital provisório.

O diretor do tricentenário revela, ainda, que a unidade está lotada. Para dar conta da demanda, um hospital de campanha está sendo construído, no estacionamento do Tricentenário, e deve ficar pronto, em breve.

Iniciativa

A iniciativa do conserto dos equipamentos partiu de um grupo de empresários, que comprou as peças que faltavam, no exterior.

Os consertos estão sendo realizados em um laboratório instalado no edifício do Senai, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. 

>> Hospital de Câncer precisa de ajuda para continuar atendendo pacientes
>> Mulher faz apelo por doação de sangue; veja como e onde doar
>> Menina de 3 anos com leucemia precisa de doação de sangue
>> Paróquia do Santíssimo Sacramento de Santo Antônio realiza campanha de arrecadação de máscaras para moradores de rua
>> Coronavírus: Profissionais de saúde do Recife criam campanha para arrecadação de doações
>> Núcleo de Apoio à Criança com Câncer afirma que doações caíram pela metade por causa do coronavírus
>> Pandemia do coronavírus: Lar do Neném pede doações para se manter

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

>> Hemope tem estoques baixos por causa do coronavírus e convoca doadores
>> Delegacia de Boa Viagem e ONG fazem campanhas para arrecadar doações
>> Hemope faz esquema para doações de sangue na pandemia do coronavírus
>> Coronavírus: HCP e Detran lançam campanhas para arrecadar doações
>> Veja como ajudar e onde procurar ajuda neste cenário de coronavírus 

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada: 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.