REABERTURA

Câmara do Recife aprova pedido de reabertura de templos religiosos

O requerimento foi de autoria da vereadora Michele Collins (PP)

Câmara do Recife aprova pedido de reabertura de templos religiosos

Paulo Câmara (PSB), quando questionado sobre a volta dos templos religiosos, afirmou que a questão ainda está sendo discutida com os líderes das igrejas - Foto: Marcelo Aprígio/JC

Nessa terça-feira (9), foi aprovado na Câmara Municipal do Recife o requerimento que pede a reabertura das instituições religiosas após a vigência do decreto estadual de 11 de maio, quando foram intensificadas as medidas restritivas voltadas à contenção da curva de disseminação do coronavírus. O requerimento de autoria da vereadora Michele Collins (PP), teve 25 votos favoráveis e um contrário, do vereador Ivan Moraes (PSOL).

Além disso, o requerimento faz um apelo ao Governo de Pernambuco para que haja um planejamento de reabertura das instituições religiosas. Na justificativa, o texto cita a Constituição Federal que assegura o livre exercício das atividades religiosas que estão apenas suspensas para proteger a vida das pessoas devido a pandemia do coronavírus.

 

>>Mais serviços voltam às atividades em Pernambuco nesta quarta (10)

>>Confira as atividades que voltam a funcionar nos próximos dias em Pernambuco e a previsão dos outros setores

Texto poderia ter entrado em pauta na última semana

Collins explicou que o texto deveria ter entrado em pauta na última semana quando, de acordo com ela, o governador Paulo Câmara (PSB) ainda não tinha feito nenhuma movimentação para a reabertura dos templos. "Já estamos tendo esse diálogo com o governador e sabemos que ele, inclusive, pessoalmente, entrou em contato com alguns pastores, e um grupo de pastores que estão se reunindo quase que diariamente com essa discussão". Ela ainda afirmou que o assunto está sendo debatido pelos vereadores que fazem parte da bancada evangélica da Casa.

OAB não solicitou ainda nenhum documento para reabertura gradual das instituições religiosas

De acordo com a assessoria, a OAB-PE não redigiu nenhum documento solicitando reabertura gradual das instituições religiosas; tampouco enviou ao governador. "Em reunião com a bancada religiosa, o presidente da nossa comissão, Jonas Moreno, apenas prestou esclarecimentos jurídicos na redação do texto que a bancada enviaria ao Governador Paulo Câmara com essas solicitações. Reafirmo: a OAB Pernambuco não tomou posição oficial alguma sobre esta reabertura."

Convenção Batista de Pernambuco entrega ao Governo protocolo para reabertura de igrejas

Composta por mais de 800 igrejas a Convenção Batista de Pernambuco está preocupada com a reabertura das instituições religiosas. Intermediados pelo Deputado Joel da Harpa, o presidente da Convenção, Pastor Alberto Freitas, e o vice – presidente, Pastor Israel Guerra, estiveram na tarde dessa terça-feira (9), no Palácio do Governo, em reunião na Casa Civil. Eles realizaram a entrega de um plano de retomada gradual.

O documento foi elaborado com o apoio de uma PHD em Infectologia. Na reunião com a Casa Civil, ficou definido que o mesmo será enviado ao Gabinete de Crise de enfrentamento a Covid 19 , tendo em vista a sua importância. Na ocasião, Joel lembrou que igrejas ainda não estão inclusas no plano retomada do Governo e que isso tem causado um certo desconforto.

Sem previsão

Em reunião nessa terça-feira (9), com prefeitos do Estado para debater o plano de convivência, o governador Paulo Câmara (PSB), quando questionado sobre a volta dos templos religiosos, afirmou que a questão ainda está sendo discutida com os líderes das igrejas e que ainda não há data para o retorno.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.