RISCO

Ônibus e terminais sem distanciamento social e com aglomerações no Grande Recife

A rotina começa a normalizar, nos ônibus e terminais, e com ela vêm os problemas de superlotação e filas, mesmo ainda em meio à pandemia da covid-19

Ônibus e terminais sem distanciamento social e com aglomerações no Grande Recife

A pandemia da covid-19 (novo coronavírus) continua, mas a retomada de serviços ainda leva à superlotação - Foto: Jailton Júnior/ JC Imagem

No início da manhã desta quinta-feira (11), muita aglomeração, filas e ônibus lotados foram registrados nos terminais e ruas da Região Metropolitana do Recife. A movimentação é menor do que o normal, mas não impediu o descumprimento das regras de distanciamento social, impostas pela pandemia da covid-19 (novo coronavírus).

Movimentação

A movimentação no Terminal de Integração de Afogados pegou de surpresa quem passa todos os dias por lá. A quantidade de passageiros circulando era visivelmente menor que em dias normais, mas as filas não deixaram de se formar, sempre que os passageiros desembarcavam do metrô e corriam para pegar ônibus.

>> Com retorno de atividades, ônibus ganham reforço no Grande Recife

>> Quarentena: Uso de máscaras nos ônibus é obrigatório para passageiros

>> Aglomerações continuam no Grande Recife e Defensoria Pública pede ônibus apenas com passageiros sentados

Desrespeito

No chão, as marcações do distanciamento recomendado, de 1,5 metro entre uma pessoa e outra, no mínimo, já não existem. Ficam todos muito próximos, nas filas. Quem precisa do transporte público diz que é bem difícil manter uma distância segura, nos terminais, e tem medo da contaminação.

Fiscais orientam o embarque, mas nem todos os ônibus saem apenas com passageiros sentados, como determina o decreto do governo estadual. Há casos em que usuários se recusam a descer.

No Terminal de Integração do Barro, o desrespeito ao distanciamento social se repete. 

>> Vídeo: Mulher é agredida e expulsa de ônibus por não usar máscara contra o coronavírus

>> Passageiros denunciam aglomeração e risco de coronavírus em ônibus no Grande Recife

Ônibus lotados

Se está difícil manter uma distância segura nos terminais, nos ônibus a situação é ainda pior. O resultado são ônibus lotados, com o limite de passageiros bem acima do permitido.

Nota do Grande Recife

O Grande Recife informou, por nota, que a operação transcorreu dentro da normalidade hoje no Terminal Integrado de Afogados. Que houve lotação momentânea porque duas composições do metrô chegaram ao mesmo tempo e que a situação foi contornada pelos funcionários do Consórcio e pela Polícia Militar. A nota destaca ainda que 17 terminais integrados, entre eles o de Afogados e o Pelópidas Silveira, tem ônibus extras de acordo com a quantidade de passageiros.

Precariedade do transporte público

Passageiros denunciam precariedade do transporte público durante a quarentena. Nesta quinta-feira (11), a equipe de reportagem da TV Jornal também flagrou ônibus lotados, filas de espera e muita gente reclamando da demora dos coletivos chegarem nas paradas.

Resposta

Em nota o Grande Recife informou que o Terminal Integrado Joana Bezerra é um dos 17 TIs que contam com ônibus extras. Esses veículos são colocados em operação de acordo com a demanda dos usuários. Já sobre a lotação no percurso das linhas o consórcio  acrescenta que publicou uma portaria determinando que os ônibus só poderão circular com os passageiros sentados.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.