REABERTURA

Após quase 90 dias de portas fechadas, salões de beleza, barbearias e clínicas de estética voltam a funcionar

Setores reabriam nesta segunda-feira (15)

Após quase 90 dias de portas fechadas, salões de beleza, barbearias e clínicas de estética voltam a funcionar

Salões de beleza, barbearias e clínicas de estética voltam a funcionar - Foto: Bruno Campos/TV Jornal

Depois de quase 90 dias de portas fechadas, o comércio dos bairros, salões de beleza, barbearias e clínicas de estética voltaram a funcionar nesta segunda-feira (15). As lojas de varejo de até 200 metros quadrados também reabriram as portas. Contudo, o atendimento aos clientes deve seguir normas específicas e cumprir as regras estabelecidas pelo Governo de Pernambuco para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

>>Reabertura do varejo de rua: Confira as regras e como ficam as lojas

>>Veja os setores que retornam nesta segunda (15) e os que já voltaram em Pernambuco

A empresária Marjorie Coutinho é proprietária de uma loja de roupas femininas no bairro do Espinheiro, há nove anos. Ela diz que para o estabelecimento ter voltado a funcionar muita mudança foi feita. Além dos cuidados com higiene e segurança, a empresária teve que colocar todo o estoque em promoção. Tudo isso para atrair os clientes que não aparecem nas primeiras horas de loja aberta.

Protocolo

Para todos os setores, será adotado um novo protocolo obedecendo determinações de distanciamento social, higiene, monitoramento e comunicação. Deverá ser mantida a distância mínima de 1,5 metros; escalonamento de horário de refeição dos colaboradores; evitar compartilhamento de objetos de uso pessoal; dividir as equipes de trabalho em grupos para evitar aglomerações; no caso de filas, demarcar os espaços no chão e manter barreiras físicas no caso de atendimento direto aos clientes.

Também será necessário uso e fornecimento de álcool 70%; uso e fornecimento de máscaras; além de limpeza e desinfecção de superfícies tocadas, áreas comuns e banheiros de uso coletivo. As empresas também deverão comunicar a todos os trabalhadores e clientes sobre os procedimentos em relação à doença. Além dessas determinações, 15 setores seguirão ainda protocolos próprios.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.