COMEMORAçãO

TV Jornal completa 60 anos com série de reportagens para relembrar história

A série de reportagens vai mostrar a história da TV Jornal, desde seu início, há 60 anos

TV Jornal completa 60 anos com série de reportagens para relembrar história

A TV Jornal completa 60 anos, nesta semana - Foto: Reprodução/TV Jornal

Nesta semana, a TV Jornal está completando 60 anos de história. São seis décadas dando voz à cultura e às necessidades do povo pernambucano, um compromisso que se mantém vivo. Para mostrar como tudo começou, o TV Jornal Meio Dia vai exibe uma série de reportagens. Confira!

Pronta para o futuro

No dia 18 de junho de 1960, entrava no ar a TV Jornal. Uma emissora genuinamente pernambucana que ao longo dos anos se adaptou às novas tecnologias, buscando sempre informar com qualidade seus telespectadores. O aniversário de seis décadas impulsiona o caminho para o futuro. Celebrar 60 anos vem também com a missão de seguir sempre à frente do nosso tempo. Em comemoração pelas seis décadas da emissora, o presidente do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, João Carlos Paes Mendonça, enviou uma mensagem destacando o pioneirismo da emissora.

Confira a mensagem na íntegra:

"Os primeiros dias da TV Jornal foram marcados pela inovação no entretenimento, com equipamentos modernos, programas ao vivo e que eram realizados em um auditório próprio, de forma pioneira no país. Na década de 80, a TV passou a viver grandes dificuldades. Os equipamentos de ponta tornaram-se obsoletos pela falta de investimentos. A emissora, que já fazia parte de um Sistema de Comunicação, assim como a rádio e o jornal, perdia potência pela falta de recursos. No final dos anos 80, ao adquirirmos os veículos, passamos a investir e dotar a televisão de infraestrutura moderna novamente e a apostar na sua relevância para o jornalismo pernambucano. Hoje, é uma das emissoras de maior alcance no estado, com acompanhamento de problemas das cidades, sempre em defesa da sociedade. Programas jornalísticos pautados por notícias mais relevantes e pelo interesse da coletividade são e continuarão sendo o norte da TV Jornal. Isso sem deixar de lado espaços para o entretenimento com características regionais, diferenciando-se das demais. A TV Jornal fez história e continuará sua missão de estar ao lado dos pernambucanos".

Trajetória

A TV Jornal já foi do luxo e elegância dos primeiros programas de auditório, ao contato direto com a cultura e com o povo pernambucano. Uma emissora que é a cara do Estado. Fundada pelo empresário F. Pessoa de Queiroz, foi a primeira do Brasil a ter um prédio construído exclusivamente para abrigar uma emissora de televisão. 

Música

Foi pelas lentes da TV Jornal, que programas como Noite de Black-Tie, Você Faz o Show, o Meu Bairro é o Maior e Bossa Dois se transformaram em marcos da história da comunicação de Pernambuco.

Eles fizeram parte da carreira de muitos artistas hoje consagrados no cenário musical, como Wanderléa, Elis Regina, Luiz Gonzaga,Michael Sullivan e o rei, Roberto Carlos.

Personalidades e novelas

Políticos como Juscelino Kubitschek também passaram pelos estúdios da TV Jornal, no quadro Cadeira de Engraxate, quando a TV chegou a ter 92% de audiência. Já imaginou?

A emissora também investiu pesado na teledramaturgia. A novela "A Moça do Sobrado Grande" foi um sucesso de audiência no Estado, e era exibida ao vivo. Um desafio e tanto para os artistas. Escrita por Semiramis Alves e dirigida por Jorge José, teve Carmem Peixoto com protagonista.

Na década de 70, o luxo foi deixado de lado para dar voz à comunidade. Os programas de auditório continuaram, mas o protagonista, agora, era o povo.

'Pernambucana toda'

Em 1987, a TV foi comprada pelo empresário João Carlos Paes Mendonça, junto com outros veículos do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC).

Ganhou cara nova, equipamentos mais modernos e voltou os olhos ainda mais para a comunidade e a cultura do Estado. Carnaval, São João e várias outras manifestações culturais pernambucanas ganharam destaque.

Até hoje, Pernambuco se vê nas telas da TV Jornal. Ela está entre as seis emissoras afiliadas do SBT com mais audiência no Brasil. Uma vice-líder que dá um banho de qualidade, compromisso e inovação.

Jornalismo

O jornalismo imprime credibilidade e é marca forte e vigorosa da TV JornalUm jornalismo sério e checado é a marca da TV Jornal. Nos programas e telejornais da emissora há muita denúncia, informação e prestação de serviço. Um conteúdo de qualidade voltado para as necessidades, anseios e conquistas da população.

Ao longo dos 60 anos da emissora, vários telejornais foram transmitidos pelas lentes da TV. O programa Bronca 24h, com Washington Gurgel, deixa o telespectador informado logo cedo, às 7h. O Meio Dia ganhou formato diferente, com apresentação de Anne Barreto, Leandro Oliveira e Aroldo Costa, mostra as notícias mais quentes do dia.  

Comunidade e legado

O olhar para a comunidade sempre foi prioridade na TV Jornal. No início da década de 90, o programa do meio dia fez estreia na TV, sob o comando da inesquecível Graça Araújo. O comunicador Geraldo Freire também fazia parte da bancada.

Graça se foi, mas deixou um legado de comprometimento e seriedade com a notícia. 

>> Conheça a trajetória de Graça Araújo 

>> Especial Graça Araújo: amigos e familiares relembram legado da jornalista

>> Após um ano da morte de Graça Araújo, amigos relembram momentos especiais

>> Graça Araújo não resiste a AVC e morre aos 62 anos no Recife 

>> Graça Araújo é a homenageada no troféu Jailton Arruda deste ano

>> Livro em homenagem a Graça Araújo é lançado neste domingo (8)

Seriedade e compromisso com a notícia

Um jornalismo sério e checado é a marca da TV Jornal. Nos programas e telejornais da emissora há muita denúncia, informação e prestação de serviço. Um conteúdo de qualidade voltado para as necessidades, anseios e conquistas da população.

Ao longo dos 60 anos da emissora, vários telejornais foram transmitidos pelas lentes da TV. O programa Bronca 24h, com Washington Gurgel, deixa o telespectador informado logo cedo, às 7h. O Meio Dia ganhou formato diferente, com apresentação de Anne Barreto, Leandro Oliveira e Aroldo Costa, mostra as notícias mais quentes do dia. 

Logo em seguida, os telespectadores ficam Por Dentro com Cardinot, outro apresentador com trajetória de grande sucesso na TV Jornal. À noite, às 7h20, O Povo na TV, de Ciro Bezerra, além de mostrar os fatos do dia, traz as necessidades dos telespectadores.

Em 2020, a história de compromisso com Pernambuco segue usando o jornalismo como diálogo e ferramenta de cidadania.

Cobertura esportiva

A relação da TV Jornal com o futebol é bem antiga. Uma história antiga e cheia de vitórias! Pelas lentes da TV Jornal, torcedores pernambucanos puderam acompanhar muitos jogos que marcaram a história do futebol - de Pernambuco e do Brasil. Em 1987, fomos a única TV do Estado a transmitir a partida entre o sport e guarani, de campinas, na ilha do retiro. o duelo garantiu o título de Campeão Brasileiro ao time rubro negro.

Equipamentos e funcionários da TV Jornal transmitiram o jogo histórico entre Brasil e Bolívia das eliminatórias da Copa do Mundo de 94. O jogo da redenção, como é conhecido, aconteceu no Estádio do Arruda lotado! Resultado? um chocolate da canarinha: Brasil 6 x Bolívia 0. A TV investiu em copas do mundo. Em 2010, na África do Sul, enviou repórter para acompanhar tudo de perto. Em 2014, no Brasil, o quadro na cola da seleção mostrava todos os bastidores da Seleção Brasileira.

O futebol sempre esteve presente na programação da emissora. O conteúdo esportivo deixou de ter programa em horário restrito e passou a integrar os telejornais para dar maior visibilidade ao assunto. A TV passou a contar também com o elenco do Escrete de Ouro da Rádio Jornal durante as transmissões. Em 2018, na Copa do Mundo da Rússia os telespectadores ficaram por dentro de tudo!

Copa do Nordeste

Agora, a bola da vez é a Copa do Nordeste. Já são três anos transmitindo o campeonato que faz parte do calendário esportivo e das emoções do torcedor pernambucano. A audiência é garantida. Em um dos jogos, a TV bateu recorde de audiência em partidas do Nordestão. Segundo dados do Ibope, cerca de um milhão de pessoas estavam ligadas no canal 2. O sucesso foi tão grande que a emissora renovou a proposta de transmissão e terá direitos de exibição até 2022.

Alegria e cultura

O entretenimento, sempre tão marcante na TV Jornal, também foi tema de reportagem de comemoração aos 60 anos da emissora. Da Missa do Vaqueiro ao Carnaval, as manifestações culturais são sempre reverenciadas pelas nossas lentes. Nos nossos programas, você vê a cara e o sotaque do Estado.

Na primeira celebração da Missa do Vaqueiro, em 1970, a TV Jornal marcou presença. Também foi nos anos 1970 que o carnaval foi parar nas telas da TV Jornal. Nos anos 90, a cobertura da festa cresceu mais ainda. Pernambuco descobriu que o melhor carnaval está na TV Jornal e passou a cantar, também, o frevo que todo mundo conhece até hoje, e que marca as nossas coberturas.

>> TV Jornal leva alegria e cultura ao telespectador há 60 anos

Antes de ganhar de o mundo, as manifestações culturais já ocupavam as telas da TV Jornal. Foi assim com a Jovem Guarda, o Frevo e o Movimento Mangue Beat, nascido às margens do Rio Capibaribe, e que se espalhou pelo Brasil e mundo afora. O São João também virou marca registrada da emissora, com o “Arraial da TV Jornal”. Da capital ao interior a festa teve e segue tendo destaque nas nossas telas.

Programas como a Turma do Barra garantem a diversão dos telespectadores o ano inteiro.Várias minisséries também foram produzidas pela emissora, assim como a nova sitcoms ‘Tá Puxado’. A atração, estrelada por Cinderela e Matheus Ceará, é exibida aos sábados, a primeira comédia de situação produzida no Brasil, fora do eixo Rio-São Paulo.

Nem mesmo em momentos difíceis, como esse em vivemos, numa pandemia, o canal 2 esquece dos telespectadores. O programa Abraço Musical reuniu diversos artistas para alegrar as famílias que estão em casa.

 

>> Teste: Que tipo de fã é você nos 60 anos da TV Jornal?

>> Abraço Musical: artistas se reúnem na tela da TV Jornal em novo programa

>> Tá Puxado: veja como assistir o novo programa da TV Jornal com Cinderela e Matheus Ceará

Mudanças em meio à pandemia do coronavírus

Ao longo de seus 60 anos, a TV Jornal construiu uma história de parceria com os telespectadores. No momento desafiador que estamos passando, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), não seria diferente.

Na última matéria da série de reportagens em comemoração ao aniversário da TV Jornal, a emissora mostra como se adaptou às transformações do jornalismo para continuar cumprindo o dever de informar, mesmo que com ainda mais distância.

2020 era para ser um ano de festa, pois completar 60 anos é motivo de celebração em grande estilo. No entanto, o ano trouxe uma pandemia, isolamento social, quarentena, quase tudo parado.

Como sempre, a TV Jornal seguiu com sua responsabilidade e compromisso com o público. Manter a população informada de tudo o que está acontecendo é o papel da emissora e, com os devidos cuidados, nossos profissionais assumiram a linha de frente para manter nossos telespectadores sempre muito bem informados.

Por causa da pandemia do coronavírus, o protocolo de saída das equipes de reportagem, por exemplo, está mais rigoroso. O repórter cinematográfico precisa higienizar os equipamentos, os veículos também são higienizados.

Na redação, os profissionais seguem trabalhando, respeitando o distanciamento social. Os programas e telejornais precisaram se reinventar. Por estar grávida, a apresentadora Anne Barretto encarou mais um desafio: apresentar o TV Jornal Meio-Dia de casa, no isolamento.

 

Atitude Cidadã

Os trabalhos da TV Jornal em meio a pandemia também foram marcados pela solidariedade. Capitaneada pela Rádio Jornal, em parceria com o Instituto JCPM de Compromisso Social e todos os veículos do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), o projeto "Atitude Cidadã - Está em Nossas Mãos" arrecadou mais de R$ 1,5 milhão, mais de 100 toneladas de alimentos, 19 toneladas de material de limpeza e higiene e mais de 44 mil máscaras e EPIs, que foram doados para comunidades e instituições de caridade. 

Modernidade

Uma TV "sessentona", mas sempre ligada ao futuro e à inovação. A TV Jornal tem força nos meios digitais e agora, mais do que nunca, essa relação está mais forte.

Em maio, o site da emissora teve mais de 1,2 milhão de visualizações. Sucesso também no Facebook. A página da TV tem 706 mil seguidores e os vídeos publicados na Fanpage foram vistos por quase 10 milhões de internautas.

No Instagram, também somos fortes e temos até fã clube, criado pelo vendedor Jura Roberto.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.