RETOMADA

Trabalhadores do setor de bares e restaurantes pedem reabertura em carreata no Recife

Representantes do setor pretendem entregar carta ao governador do Estado, solicitando a retomada dos estabelecimentos

Trabalhadores do setor de bares e restaurantes pedem reabertura em carreata no Recife

Há mais de 100 dias com estabelecimentos fechados, trabalhadores do setor pedem reabertura - Foto: Yacy Ribeiro / JC Imagem

Uma carreata promovida pelo movimento de empresários e trabalhadores do setor de alimentação do Grande Recife provocou um grande congestionamento nas principais vias da Zona Norte do Recife, na manhã desta quinta-feira (9).

>>>Donos de bares e restaurantes do Grande Recife pedem reabertura

O setor se manifesta pela reabertura imediata de bares e restaurantes fechados há quase 120 dias, por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus. Os empresários esperavam que a reabertura acontecesse na última segunda-feira (6). 

View this post on Instagram

Uma carreata promovida pelo movimento de empresários e trabalhadores do setor de alimentação do Grande Recife provocou um grande congestionamento nas principais vias da Zona Norte da cidade, na manhã desta quinta-feira (9). O setor se manifesta pela reabertura imediata de bares e restaurantes, que estão fechados há quase 120 dias, por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus. No fim da manhã, representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel-PE) foram recebidos no Palácio do Campo das Princesas. Eles pretendem entregar uma carta ao governador Paulo Câmara, solicitando a retomada dos estabelecimentos. Saiba mais em TVJORNAL.com.br #TVJornal #Notícias #Reabertura #Bares #Restaurantes #Coronavírus #Covid-19 #Carreata Fotos: Yacy Ribeiro e Wellington Lima / JC Imagem

A post shared by TV Jornal | SBT (@tvjornalsbt) on

A concentração aconteceu às 9h, na Praça de Casa Forte, de onde o grupo partiu, em direção ao Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, área central da cidade.  

Carta ao governador

O objetivo da carreata foi, além de se manifestar, entregar uma carta ao governador Paulo Câmara, solicitando a reabertura dos estabelecimentos. O grupo fez uma parada em frente à prefeitura do Recife para buzinaço. Todo o protesto foi acompanhado por equipes da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). 

Protocolo de Prevenção

No Estado há pelo menos 15 mil bares e restaurantes, sendo 7 mil pequenas empresas. De acordo com a Abrasel-PE, Independentemente da data de retorno, a volta se dará com 50% da capacidade, além de continuar aplicando medidas para manter o distanciamento social e a higienização, conforme será definido em protocolo.

Data antecipada

A data de reabertura dos bares e restaurantes de Pernambuco foi antecipada. Anteriormente, no cronograma inicial do Plano de Convivência com a Covid-19 do Estado, o setor estava previsto para voltar apenas a partir da etapa 7 do plano, com apenas 50% da capacidade dos estabelecimentos. 

Porém, baseado em critérios do documento, como a tendência à estabilização da curva epidemiológica, o Governo determinou que a retomada do setor deverá começar durante a etapa 6. 

Contudo, a data exata de reabertura ainda não foi estabelecida pelo Governo. (veja nota de esclarecimento abaixo).

Nota de esclarecimento na íntegra

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco informa que a reabertura gradual e controlada dos serviços de alimentação (bares, restaurantes e lanchonetes), um dos segmentos previstos no “Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19”, foi antecipada da Etapa 7 para a Etapa 6, conforme informado em coletiva de imprensa realizada na noite de quarta-feira, dia 17.

Inicialmente, o retorno se dará com 50% da capacidade dos estabelecimentos. No entanto, ainda não tem data prevista e depende diretamente do comportamento dos indicadores monitorados diariamente pela Secretaria Estadual de Saúde.


Atenciosamente,

Gerência de Comunicação
Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Governo de Pernambuco

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.