SAÚDE

Profissionais de enfermagem da rede municipal do Recife protestam na Praça do Derby

Categoria se manifesta por reajuste salarial e melhores condições de trabalho

Profissionais de enfermagem da rede municipal do Recife protestam na Praça do Derby

A manifestação contestou a desvalorização dos funcionários pela gestão da prefeitura. - Foto: Wellington Lima / TV Jornal

Profissionais de enfermagem que trabalham na Rede Municipal de Saúde do Recife se reuniram na Praça do Derby, na área central do Recife, durante a manhã desta sexta-feira (10), para protestar por melhorias.

A categoria reinvidica um reajuste salarial e uma melhor qualidade nos EPI's (equipamentos de proteção individual). 

A manifestação contestou a desvalorização dos funcionários pela gestão da prefeitura. Os profissionais recifenses têm enfrentado dificuldades trabalhando na capital do Estado, que é uma das cidades com mais casos confirmados: 22.298 diagnósticos e 1.946 mortes. 

Galeria

View this post on Instagram

Profissionais de enfermagem que trabalham na Rede Municipal de Saúde do Recife se reuniram na Praça do Derby, na área central da cidade, durante a manhã desta sexta-feira (10), para protestar por melhorias. A manifestação contestou a desvalorização dos funcionários pela gestão da prefeitura. Os profissionais recifenses têm enfrentado dificuldades trabalhando na capital do Estado, que é uma das cidades com mais casos confirmados: 22.298 diagnósticos e 1.946 mortes. A categoria reinvidica um reajuste salarial e uma melhor qualidade nos EPI's (equipamentos de proteção individual). Saiba mais em TVJORNAL.com.br #TVJornal #Notícias #Saúde #Protesto #Enfermeiros #Recife #Covid-19 #Coronavírus Fotos: Wellington Lima / TV Jornal

A post shared by TV Jornal | SBT (@tvjornalsbt) on

Prefeitura do Recife

Em resposta, a Prefeitura do Recife disse que, durante o período de emergência de saúde pública fica impedida de enviar um Projeto de Lei que trata das negociações da Campanha Salarial de 2020. Ainda segundo a PCR, " em maio de 2020, foi sancionada a Lei Complementar Federal n° 173, que explicitamente proíbe os Estados e Municípios de concederem reajustes aos servidores públicos até 31 de dezembro de 2021. A SADGP esclarece também que paga a insalubridade dos profissionais de saúde regularmente, de acordo com a legislação municipal vigente".

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.