PANDEMIA

Recife é a 2º capital do Nordeste com maior taxa de mortalidade devido ao coronavírus

Recife registra uma taxa de 129 mortes pelo coronavírus para cada 100 mil habitantes, segundo pesquisa

Recife é a 2º capital do Nordeste com maior taxa de mortalidade devido ao coronavírus

A cidade consta uma taxa de 129 mortes para cada 100 mil habitantes - Foto: Jailton Júnior/TV Jornal

O Recife é a segunda capital da região Nordeste com a maior taxa de mortalidade pelo novo coronavírus, segundo levantamento feito a partir de dados disponibilizados pelas secretarias municipais de saúdeEntre as capitais nordestinas, Recife só perde em taxa de mortalidade pela covid-19 para Fortaleza.

Fortaleza, que está no topo do ranking, tem uma taxa de quase 138,9 mortes devido pelo coronavírus para cada 100 mil habitantes. Recife, que vem logo depois, registra uma taxa de 129,6 mortes para cada 100 mil habitantes, o que significa uma letalidade de 7,8%. Para se ter uma ideia, São Paulo, capital que tem uma população quase sete vezes maior que a recifense, tem uma taxa de letalidade por covid-19 de 4,2%.

Estatísticas

O secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia, falou sobre as estatísticas. "A interpretação dos dados da mortalidade deve ser vista com cautela, principalmente, porque as cidades tem diferentes estratégias, por exemplo, de testagens de casos de óbitos e de casos graves. Aqui, no caso de Recife, Estado de Pernambuco, temos a nossa vigilância epidemiológicas reconhecida nacionalmente pelo rigor na investigação, por exemplo, os óbitos que acontecem aqui", disse. 

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.